Atendendo ao pedido de muitos munícipes sobre a futura sede do Corpo de Bombeiros, na Avenida Raul Furquim, na Vila Elizabeth. Ocasião em que houve uma solenidade em 2013 anunciando o investimento. Fez com que a nossa reportagem procurasse o 1° tenente do Corpo de Bombeiros de Bebedouro, João Paulo Laso para explanar sobre o assunto. Segundo o diretor de Obras e Convênios da Prefeitura, Wagner Silveira, a verba prevista é de R$ 1.500.000,00, oriunda do Febom (Fundo Especial de Bombeiros). E que em fevereiro desse ano, a Licitação da nova sede será aberta. O 1° tenente informou que o valor exato será conhecido após a Licitação ser definida. Para Laso, a vinda da nova sede proporcionará um atendimento melhor para a população, inclusive conforto para quem precisar da Área Técnica. Outro benefício apontados foram o novo alojamento, e a saída rápida para dois lados da cidade em virtude de estar situada em uma das maiores avenidas do município. Leia mais na Folha da Cidade

Segundo o diretor de Obras e Convênios da Prefeitura, Wagner Silveira, a Prefeitura estará enviando documentação final da Estação de Tratamento de Esgoto para Caixa, que também está analisando a aprovação da meta da infraestrutura urbana do Distrito Industrial II. O diretor afirmou que se não houver imprevistos, ambas as obras serão iniciadas em 2018. “Estamos mandando alguns documentos finais pra Caixa, e recebendo o aval vamos licitar a nova Estação de Tratamento de Esgoto de Bebedouro dentro do 1° semestre. Leia mais na Folha da Cidade

A Prefeitura através do Departamento de Cultura realiza a programação de Carnaval desde a noite de ontem (9), ocasião na qual a presente edição já havia sido fechada. A primeira atração ocorreu na Avenida do Lago Artificial, com Trio Elétrico, que animou a população na primeira noite. Com apoio da Academia W2, o público teve aulas de dança com ritmos variados no clima da festa. Depois, a Escola de Samba do Extremo Norte animou os presentes com o seu Samba Enredo. “Mesmo nos momentos de dificuldade o prefeito Fernando Galvão tem intensificado o pedido de apoio para que a gente mesmo assim consiga realizar. A gente e o prefeito principalmente entende, que mesmo tendo um momento de dificuldade financeira, a população tem que um momento de lazer e descontração. Leia mais na Folha da Cidade

Em virtude da Avenida Lourenço Santin e do Jardim Eldorado ser um dos pontos mais críticos da cidade em dias de chuvas. A Folha da Cidade procurou o Departamento de Obras e Convênios da Prefeitura, e conversou com o diretor Wagner Silveira. Na ocasião, a nossa reportagem também foi atendida pelo responsável da Engenharia Operacional, Marcelo Negro. Embora verbas, licitação, prazos e execução de obras sejam um assunto à parte em virtude de depender da elaboração, análise e aprovação de projetos. Ambos afirmaram que existem projetos em ambas as localidades. “Existem projetos de melhoramento na parte de drenagem, e escoamento de águas pluviais na região do Eldorado, ali do Sesi, da Raul Furquim, que devem ser executados ao longo desse ano. Leia mais na Folha da Cidade

Em relação à instalação da nova rede de água no Jardim Paraíso está havendo a substituição da antiga e deteriorada rede com tubos de ferro de mais de 30 anos por tubos de PVC, que é mais resistente à pressão da água e ao tempo. Conforme o diretor do Saaeb, Gilmar Feltrin, o investimento na obra é recurso próprio, sendo R$ 2.157.585,63, no qual a firma vencedora da licitação na modalidade Pregão, e responsável pela obra é a HT Construções LTDA - ME, Araraquara, que durante essa semana atuou na colocação dos tubos na Rua Gal. Osório, conforme a nossa reportagem fotografou. Ele afirmou que a vala está sendo compactada, no qual o procedimento envolve o BGS (pó e pedra), e por fim, a limpeza da Rua. Além de trocar a rede de água no Jardim Paraíso também há o desejo de implantar um reservatório no bairro. Leia mais na Folha da Cidade

R$ 12 milhões serão aplicados no desenvolvimento do município. Sendo R$ 4 milhões no recapeamento, e R$ 8 milhões na infraestrutura. No qual as verbas envolvem o Estado e a Federação, segundo o diretor de Obras e Convênios da Prefeitura, Wagner Silveira. Levando em conta que o cenário do asfalto é problema crônico no município há muitos, além das constantes reclamações da população sobre o assunto. A Folha da Cidade procurou o diretor para explanar sobre o trâmite da verba como também os pontos a serem contemplados. Na ocasião, a nossa reportagem também foi atendida pelo responsável da Engenharia Operacional da Prefeitura, Marcelo Negro. Wagner enfatizou que o contrato de financiamento é a nível Estadual, e a análise técnica da infraestrutura é Federal. E informou que caso não houver imprevistos com Licitação, os recapeamentos e a infraestrutura serão finalizados em 2018. Em virtude da grande demanda de ambas as pastas, os dois enfatizaram sobre a relevância de organizar os pedidos via protocolo através da Ouvidoria Municipal, de segunda a sexta-feira no Departamento de Recursos Humanos, na Praça José Stamato Sobrinho, 151, centro, ou através do telefone (17) 3342-2575 das 11h às 16h30, ou pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. Leia mais na Folha da Cidade

O comando dos Departamentos de Promoção e Assistência Social, e Recursos Humanos tiveram mudanças, que foram anunciadas na manhã de quinta-feira (1) pelo prefeito Fernando Galvão na Prefeitura. Durante os anúncios, o Departamento de Recursos Humanos, antes dirigido por Rita Salvador Pizzolato, com 39 anos de carreira municipal, passou a contar com os trabalhos do servidor, Valdecir Valêncio. O Departamento de Promoção e Assistência Social antes contando com a liderança de Neliane Bibo, passa a responsabilidade de Elaine Lucas. Leia mais na Folha da Cidade

O Projeto Água Viva, aprovado pelo Comitê de Bacias do Baixo Pardo Grande, e executado pelo Saaeb, tem a finalidade de vitalizar as microbacias hidrográficas dos córregos do Retiro e da Consulta e Bacia hidrográfica do Baixo Pardo Grande, usadas como mananciais de abastecimento, para que possa produzir maior quantidade de água nos períodos de seca e melhor qualidade ao longo de todo o ano através do gerenciamento, diagnóstico ambiental das águas e recuperação ambiental das áreas de preservação permanente. O diretor do Saaeb, Gilmar Feltrin informou que o projeto foi iniciado em Setembro, sendo que o mesmo foi lançado em Março. “Tivemos a parte de licitação e compra. Hoje estamos com uma área montada ao lado da Estação do Tratamento de Água do Tropical, onde tinha uma escola de madeira. Leia mais na Folha da Cidade

A posse da diretoria da CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas) de Bebedouro aconteceu na noite de sábado (27), no Bebedouro Shopping. Ocasião na qual contou com a presença de lideranças comerciais do município. Antônio Rodrigues Sobrinho, “Foguinho”, fica à frente da entidade para o triênio 2018/2020. “Acredito que em 2018, depois dessa forte crise que temos passado, será uma retomada positiva, não só para Bebedouro, mas para o Brasil todo”, disse o presidente lembrando que o comércio tem liderado o número de contratações na cidade. Na opinião do prefeito Fernando Galvão, ser reconduzido a um cargo de liderança demonstra coragem. “Poucas pessoas se dispõem a serem líderes, sejam líderes do comércio, clubes de serviço ou políticos. Estamos passando por um momento de muita insatisfação das pessoas, e quem é líder, preside uma entidade acaba recebendo muitas cobranças e quero deixar meu reconhecimento ao Foguinho e sua equipe, por demonstrar amor pela cidade”, definiu o prefeito. Leia mais na Folha da Cidade

O 3° Mutirão Regional de Combate ao Aedes Aegypti realizado no sábado (28), em bairros da cidade, encontrou 27 focos com larvas do mosquito que transmite dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Um total de 70 pessoas, entre agentes de endemias e funcionários de saúde da Atenção Básica participaram da ação, que contou com duas máquinas tipo pá carregadeira, e quatro caminhões para a coleta de entulhos. A coordenadora da Vigilância em Saúde, Iara Maria de Brito Ramalho Luz explicou sobre como diferenciar os sintomas de Zika, Dengue e Chikungunya. A febre na zika é baixa e pode estar presente, além das dores de cabeça estar sempre presente, no qual as dores nas articulações são leves e pode estar presente, e que manchas vermelhas na pele estão quase sempre presente. E que náuseas está ausente, sendo que os sintomas são coceira e vermelhidão nos olhos. Leia mais na Folha da Cidade Pneus e lixos analisados no Mutirão de Combate ao Aedes Aegypti

FCTV Web