José Paulo Rossanezi, engenheiro eletricista responsável pela Divisão de Engenharia Elétrica da Prefeitura falou das obras de iluminação na cidade, a nível CIP, Convênios e Lago Artificial tanto em 2019 quanto no decorrer de 2020.  

No que tange a CIP, ele falou do andamento da obra de iluminação do Distrito Industrial I, que devido à complexidade toou grande parte do tempo da equipe do setor assim como as de Convênios, principalmente no segundo semestre de 2019. Em relação ao ponto turístico haverá outra etapa, no qual já tem projeto aprovado na Caixa Econômica Federal, sendo que o mesmo entrará no certame licitatório em prazo ainda indefinido. Assim que a situação estiver alinhada, o engenheiro já se colocou à disposição da nossa reportagem para dar os detalhes e explicar a finalidade. Leia mais na Folha da Cidade

Eventos na Estação Cultura e Centro de Convenções Leopoldo Pinto Uchoa, que fica no Tancredão, há muito tempo não são realizados, por determinação da Justiça em virtude de irregularidades que tornam os locais inaptos. O prefeito Fernando Galvão, e Gilmar Feltrin, diretor de Obras da Prefeitura falaram sobre a situação.

Para viabilizar o retorno dos eventos, parcerias estão sendo buscadas em razão dos investimentos serem altos, segundo o diretor. “A Prefeitura hoje não tem condição de estar assumindo os dois lugares. Tem negociação em andamento. O Rogério Valverde, diretor de Planejamento tem nos dados uma mão muito grande na integração do departamento. Vamos caminhar para ver se conseguimos as parcerias e finalizar toda essa situação”, observou Gilmar. Leia mais na Folha da Cidade

Por meio do projeto “Faça sua parte”, o Instituto Estrela arrecadou aproximadamente 40 mil litros de óleo de cozinha usado, através do disk óleo 17-99152-7273 ou 3313-1646. A ação continua para manter as atividades inclusivas na causa da pessoa com deficiência.

O diretor tesoureiro, Onivaldo Cunha falou dos principais resultados obtidos pela natação, atletismo e basquete. Sendo que houveram conquistas nos Jogos Regionais em Franca, e Abertos do Interior em Marília. 

Além das competições, outra iniciativa que terá continuidade em 2020 será as rodas de conversa nas escolas, ocasião em que testemunhos de vida, prática esportiva, prevenção a acidentes no Trânsito e no Meio Ambiente são expandidos na cidade e na região. Leia mais na Folha da Cidade

Após o Supermercado Laranjão encerrar as atividades da unidade localizada na Avenida Pedro Paschoal em setembro no Mercado Municipal Novo. E com a previsão de outra rede abrir as portas nesse mês. Procuramos Rogério Valverde, diretor de Planejamento da Prefeitura, que explicou as razões pelas quais o espaço permanecesse parado. 

A empresa deixou uma dívida com a Prefeitura próxima de R$ 200 mil de aluguéis atrasados, pães abandonados no forno, ovos apodrecendo no carrinho, vazamento e torneira e aberta, sendo que o local ainda virou alvo de vandalismo, segundo o diretor. Referente a quem vai assumir o espaço não pode ter o nome revelado no momento, sendo que a previsão é para janeiro de 2020.

Procuramos o Laranjão, e o grupo não atendeu as nossas ligações. Enviamos e-mail, e não obtivemos retorno até o fechamento dessa edição. Caso houver o desejo de se manifestar o espaço está aberto. A Prefeitura busca na Justiça a retomada do espaço, no qual o grupo interessado em assumir deve investir de R$ 4 milhões a R$ 5 milhões em melhorias na parte interna e externa, além da geração de 100 empregos diretos. Leia mais na Folha da Cidade

Assunto de longa data, alagamentos e enxurradas causam transtornos constantemente em diversos pontos da cidade. A Folha da Cidade procurou o comandante do Corpo de Bombeiros de Bebedouro, tenente Wellington Ferreira da Silva, que por compromisso profissional anteriormente assumido, direcionou a nossa reportagem ao sargento Joaquim Lima de Souza, “Bacaninha”, no qual reforçamos a nossa gratidão para ambos. 

O militar citou que Avenida Raul Furquim com Pedro Paschoal, próximo do Hospital Julia Pinto Caldeira, Rodovia Armando Sales Oliveira, e Avenida Joaquim Alves Guimarães com Santos Dumont são alguns dos pontos que devem ser evitados. Ainda indicou para verificar do meio da roda do veículo para cima, no qual não é recomendado, sendo que a partir daí começa a molhar o estofado, motor e, além de entrar água no carro, cobrir o escapamento e a saída dos gases. Leia mais na Folha da Cidade

 

Givaldo Teixeira Sobrinho, o “Baiano”, participará no próximo dia 31, da Corrida de São Silvestre pela 18ª vez consecutiva. O representante da ABA (Associação Bebedourense de Atletismo) falou sobre a prova e a importância dessa modalidade esportiva em sua vida.

No último dia 8 esteve em Belo Horizonte na 21ª Volta internacional da Pampulha, no qual concluiu o percurso de 18 km e 420 metros 1h13m20s. Ele começou a treinar em 2002 faltando 28 dias para uma corrida em Guariba, que era 21 km. Sendo que treinava por 1h50. Chegou no dia da Corrida e finalizou o trajeto em 1h28m.  E por fim, enalteceu a relevância dessa modalidade esportiva em sua vida.

Em Belo Horizonte na 21ª Volta internacional da Pampulha concluiu o percurso de 18 km e 420 metros 1h13m20s. leia mais na Folha da Cidade

Os vereadores de forma unânime foram contrários ao Projeto de Lei 67/2019,que altera a planta genérica reajustando o IPTU Imposto Predial e Territorial Urbano. No qual, o vereador Chanel estava ausente e o presidente Tota, por força do regimento apenas vota em desempate, sendo ambos do mesmo parido.

Apesar de reconhecerem a importância do reajuste, os vereadores concordaram que não é o momento adequado para a atualização. “Quando revisa a Planta Genérica implica em aumento de imposto. O valor venal dos imóveis estão defasados. Revisar a Planta Genérica é importante porque vai gerar em torno R$ 5.2 milhões a mais de impostos lançados no cadastro da Prefeitura. Acontece que estamos diante de uma situação onde a população não está tendo o devido atendimento em serviços prestados pela Prefeitura. É precário. Nada justifica aprovar esse projeto. Leia mais na Folha da Cidade

O Procon de Bebedouro, que fica na Praça Abílio Manoel, 124, ao lado do prédio da Unidade de Saúde Central registrou quase 3 mil reclamações, segundo a diretora Sueli Aparecida Maia.

Ela informou que as reclamações abrangem as áreas de assuntos financeiros, essenciais, privados, Saúde e Habitação. Os telefones são 17- 3342-2229 e 3345-3479. Horário de atendimento de segunda a sexta-feira das 11h às 16h. Sendo que entre a Telefonia Móvel e Fixa houve aproximadamente 1 mil reclamações. No qual a móvel lidera em torno de seis a sete anos. Leia mais na Folha da Cidade

Compras, festas e viagens compõem o cenário do final de ano. Porém, a preocupação com objetos, imóveis e dinheiro passam desapercebido. O que pode facilitar ação de criminosos. Para evitar aborrecimentos, a nossa reportagem conversou com o comandante da GCM (Guarda Civil Municipal), Luiz André Rosa Junior.

Como base na experiência de atendimentos, os criminosos aproveitam as casas vazias em período de festividades para praticarem os furtos, segundo André. Leia mais na Folha da Cidade

A equipe bebedourense Kung Fu Garra de Águia teve o seu desempenho destacado pelo professor Claudimar Oliveira, que resumiu a temporada atual, e falou dos objetivos para 2020, a nossa reportagem.

Ele falou das participações das competições e eventos nesse ano, sendo que deverá realizar exame de graduação em meados de junho. Ainda relatou que sua maior dificuldade é a falta de patrocínio, na qual as suas aulas são gratuitas, e que não tem como arcar com todas as despesas como compra de material e participações em eventos e campeonatos, principalmente com valores de inscrições e viagens.  

Interessados em conhecer, participar e ajudar podem comparecer pessoalmente na Feccib Velha, ArtSol ou ligar no 17-99129-8912. Leia mais na Folha da Cidade

FCTV Web