A notícia que circula em redes sociais, de que termômetros infravermelhos fazem mal ao cérebro é falsa, segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O órgão informou que a medição de temperatura por esse termômetro direcionado à testa é inofensiva ao ser humano. 

E ainda enfatizou que esses produtos não emitem radiação, somente captam o calor emitido pelo corpo humano na forma de radiação infravermelha. “A Agência informa que está atenta às notícias veiculadas nas mídias e procura esclarecer a população sobre o uso correto dos equipamentos, sua eficácia e segurança, tendo canais de comunicação com o público, que podem ser usados pelo cidadão para esclarecer suas dúvidas junto ao corpo técnico da Anvisa”, relatou o órgão.

A Anvisa explicou que a radiação infravermelha é um tipo de luz, num espectro que não é visível ao ser humano, emitido por todo corpo quente. “Os termômetros infravermelhos, destes usados para medição de temperatura corporal em avaliação clínica médica de pacientes ou para triagem de pessoas em estabelecimentos comerciais, usa um sensor passivo para detectar a radiação infravermelha emitida pelo calor do corpo. O termômetro não emite radiação, ele somente detecta a radiação emitida pelo corpo, daí ser usada a expressão “sensor passivo”. Muitos termômetros possuem um laser-guia, que não faz a medição da temperatura, servindo somente para indicar o local onde está sendo feita a medição, evitando erros na leitura. A luz emitida por esse laser se encontra no espectro visível, sendo usada a luz vermelha de baixa intensidade. Essa luz também não possui poder de penetração na pele, sendo, em parte refletida, tornando visível o ponto vermelho que indica o local da medição. Uma pequena parte da luz é absorvida, se tornando calor. Devido à baixa intensidade do laser, esse calor absorvido não é suficiente para causar sensação de aquecimento no local ou alterar a temperatura medida pelo termômetro”.

A Associação Bebedourense de Ferreomodelismo e Memória Ferroviária em parceria com a Prefeitura realiza nos dias 13 e 14 desse mês, o Encontro de Ferreomodelismo, das 9h às 17h, na Estação Cultura.  

O evento terá exposição de maquetes de diversos tamanhos, Museu do Ferroviário e sorteio de brindes. Conta com a participação de entidades de classe, concessionárias, associações e expositores convidados.  “O 16° Encontro de Ferreomodelismo terá lindas peças em miniaturas, como trens, carros, cidades, bicicletas, motocicletas, aviões e navios. É um hobby que busca reproduzir o mais próximo possível da realidade, com detalhes artesanais que chamam a atenção. A entrada é gratuita. Vale a pena conhecer”, disse o diretor de Cultura, Glauco Corrêa. Leia mais na Folha da Cidade

O Conselho Municipal de Desenvolvimento e Promoção da Igualdade Racial prepararam uma programação para discutir os direitos e desafios da população negra.  O cronograma começa em 19 de novembro e segue até 05 de dezembro.

A abertura será às 19h do dia 19, sendo o IV- Fórum Ecumênico de Bebedouro com o tema: “O futuro da Humanidade e da religião pós pandemia”, na Unifafibe, anfiteatro II.  21 de novembro das 13h às 20h, Hip Hop, Sarau em Grande Estilo, 5ª edição, CSU Jardim Alvorada.  O evento conta com a parceria da Universidade Unifafibe, escolas estaduais, ONG Buriti, Gueto em Grande Estilo, Sociedade Recreativa José do Patrocínio e Sarau Ubuntu.  “Nossa sociedade está em constante transformação. A população negra enfrenta desafios em setores essenciais para o desenvolvimento humano, como a educação, mercado de trabalho, religião e segurança. É importante discutir, entender as necessidades, buscar parcerias, elaborar novas políticas públicas. A programação está muito interessante”, comentou Eliane Lucas, diretora da Promoção e Assistência Social. Leia mais na Folha da Cidade

 

 

O MSB Quad Rugby, que tem Saulo Gabriel Quintino intensifica os treinamentos para o Campeonato Brasileiro de Rugby da 2ª Divisão, que será disputado em Niterói (RJ,) de 23 a 28 de novembro. 

Além do time bebedourense participam Adeacamp, de Campinas, BSB de Brasília, Titans de Curitiba e Maringá, ambas (PR). As equipes se enfrentam entre si, e quem tiver mais vitórias será a campeã, que disputa a primeira divisão em 2022. E quem ficr por último na 1ª Divisão, disputa a 2ª no ano que vem.

Para participar a equipe participar é necessário ajuda financeira, que pode ser feita através de PIX, celular 038-99960-3286. Basta acessar o link no perfil do MSB Quad Rugby no Instagram e Facebook. Confira um pouco da história do treinador que veio do Paraná, e sobre a preparação para a competição. Leia mais na Folha da Cidade

 

O Cemitério Regional Parque das Palmeiras, como forma de agradecimento ao acolhimento da população em receber suas instalações, realizará o sorteio de um jazigo no valor de R$ 7.500,00, com três gavetas. O resultado será divulgado em 08/01/2022, sendo permitida a participação de uma inscrição por CPF que se cadastrar no site do cemitério, desde que acompanhada de um cupom de participação que está sendo divulgado pelo Jornal Folha da Cidade e pela Rádio Caminho Seguro em sua programação. 

Para concorrer, acesse http://parquebebedouro.com.br/sorteio, clique em “CADASTRE-SE”, preencha seus os dados e insira o cupom para concorrer. O código é “JORNALFOLHADACIDADE”. Os interessados em participar do sorteio podem obter mais informações ao ligar no 17-99657-6124 ou whatsapp. As inscrições vão até 31/12/2021 e a transmissão do sorteio será ao vivo com transmissão na página do Cemitério Parque das Palmeiras. Outra forma de estar por dentro é acessar https://www.facebook.com/ParquedasPalmeirasbebedouro. 

De acordo com a equipe do Cemitério Regional Parque das Palmeiras, que fica na Avenida Prefeito Francisco Martins Alvarez, 2021, Jardim California, a pessoa sorteada estará investindo em respeito, conforto e segurança, na estrutura familiar e no planejamento financeiro antes de ocorrer a perda de alguém, que é um momento delicado na vida das famílias. “Conforto no que diz respeito a lidar com a dor do luto e ter que resolver questões burocráticas. Segurança para assegurar a sua família que eles estarão isentos de contrair quaisquer dívidas de forma inesperada. Local privilegiado e de fácil acesso, com uma área de 65.000 m² e com disponibilidade de serviços e suporte para as necessidades locais, eliminando a necessidade de grandes deslocamentos durante as atividades”.

E fez as suas considerações finais. “Quando o assunto se refere a compra de um jazigo, temos sempre que lembrar da questão do planejamento financeiro familiar. Os gastos para realização de um funeral são altos, e ter que comprar um espaço de forma urgente e com pouco tempo para pesquisa, faz com que a família desembolse um valor maior do que se tivesse feito um planejamento com antecedência”, observou a equipe ao considerar a importância da participação das pessoas no sorteio.

Problema crônico de longa data assim como em outros pontos da cidade, Vicinal Lourenço Santin, Ruas Eurico Medeiros, Henrique Teixeira de Carvalho, e a dos Missionários não terão os seus problemas solucionados esse ano, sendo que de acordo com cada caso, problemas na justiça, avaliação de projeto, liberação de verba, período de chuvas e processo licitatório impedem uma data precisa entre início e término de cada obra.

Poeira, lama, sujeira, lixo, entulho, risco de acidentes e água parada compõem as reclamações. O vereador Chanel (Solidariedade) falou do assunto na sessão de segunda-feira (25). Ocasião em que lamentou o descaso do poder público. A Rua Henrique Teixeira de Carvalho contará com recape, e a Rua dos Missionários, pavimentação, segundo o diretor de Obras da Prefeitura, Leonardo Ornelas. 

Na Eurico Medeiros houve rompimento contratual com a empresa que não conseguiu executar o estabelecido no contrato. A expectativa de conclusão é de dois meses, dependendo de um período de estiagem. E na Lourenço Santin, há Convênio do DER, (Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo), e ainda não há data para executar a obra. Leia mais na Folha da Cidade

A ABA (Associação Bebedourense de Atletismo), através do seu treinador Antonio Alves dos Santos, “Toninho”, está por 10,00, a rifa de um fusca de 1976, reformado. A destinação é para a conclusão das obras do Memorial Evolucional do Desenvolvimento Humano no Jardim Santa Terezinha.

O local conta com biblioteca, peças, filmes e discos antigos, além de um Centro de Treinamento para incluir o ser humano através do esporte, principalmente crianças e idoso. Informações e vendas com o próprio Toninho pelo 17-99275-6951, WhatsApp. “Cor azul e detalhes em branco. O sorteio será via loteria federal em 30 de março”, informou Toninho.

Ele informou que o investimento é um sonho antigo, e que no caso de ser realizado vai agregar valor no desenvolvimento humano e social como também na saúde na questão de prevenção as doenças, independentemente de a pessoa se tronar atleta de auto rendimento ou não. Interessados em conhecer, doar e fazer parcerias podem entrar em contato no número citado. “Tudo em prol da qualidade de vida. Vamos começar a andar de devagar e dando uma espontaneidade para a pessoa ir evoluindo e tendo saúde cardiovascular melhor, e se direcionando para ter uma sequência de treinamento onde até pode chegar a ser um atleta. Precisa ter um acompanhamento. Vale apenas investir no Atletismo”.

Treinamentos e competições - Apesar do retorno das atividades coletivas, conforme determina o Plano São Paulo, no qual o município segue as diretrizes estabelecidas, ele afirmou que a entidade segue com cautela em suas ações no sentido de estar atenta as medidas preventivas. “Pessoal treina como pode e eu auxilio nas planilhas. São Silvestre não vamos participar porque não queremos aglomerar. Entendemos que o fluxo diminuiu na pandemia, porém, o vírus ainda circula. Queremos preservar vida. Atuamos dessa forma. Consideramos prudente não levar a equipe. Quem for competir vi representar Bebedouro e a ABA, porém, sozinho. Estamos se organizando para no ano que vem iniciarmos os treinos presenciais. E com vacinação adiantada ou completada manteremos competições e treinamentos”.

A Polícia Civil em Bebedouro, através de sua Delegacia Seccional de Polícia, na segunda-feira (25) fez a entrega no 22º Depósito de Suprimentos do Exército Brasileiro, situado em Barueri, para posterior destruição, aproximadamente 70 armas de fogo de diversas marcas, modelos e calibres, que foram apreendidas nos últimos meses pelas Forças Policiais de Bebedouro, Monte Azul Paulista, Viradouro, Terra Roxa, Taiuva, Taiaçu, Pirangi e Vista Alegre do Alto. Leia mais na Folha da Cidade

A Prefeitura informou que a equipe técnica atualizou o cadastro das empresas responsáveis pelos fios soltos em postes nos bairros e na região central da cidade. O Departamento de Desenvolvimento Econômico já trabalha nos últimos detalhes para a notificação, que não teve estimativa de data informada.

Conforme o incômodo de vários munícipes, a vereadora Ivanete Xavier (PSDB) em julho elaborou indicação, e em outubro requerimento para saber o procedimento adotado pelo município em relação aos cabos soltos de energia, que ao ficarem rompidos oferecem risco de vida.

Ela perguntou em requerimento, se após a publicação em 18/06/2021 da Lei Complementar 140/2021 e da indicação 617/2021 foi procedida notificação das empresas que utilizam cabeamento aéreo, entre outras questões. Leia mais na Folha da Cidade

Os integrantes da CPI, que apura supostas irregularidades na área da Saúde em Bebedouro abriram na terça-feira (19), a fase de depoimentos ouvindo a secretária municipal de Saúde, Silvéria Larêdo, e o gestor da UPA do Hospital Municipal, Giovani Silva. 

A CPI é presidida pela vereadora Eliana Merchan (DEM), que tem como relator Vagner Castro (PSB), e membro Edgar Cheli (PSDB). Durante as oitivas, conforme determinação da Presidência da CPI, não foram permitidas manifestações do público. A íntegra pode ser acessada na WebTV Câmara Bebedouro no Youtube. 

Ela foi questionada pelo relator se faltou médico e oxigênio no Hospital Municipal. E disse que não faltou. E se foi realizada alguma obra com o dinheiro do Covid tanto estadual quanto federal. Silvéria acredita que reparos foram feitos ao invés de obras. 

Giovani diz que na UPA durante o dia atendem três médicos clínicos e um de transferência. E durante a noite, dois clínicos e um de transferência. O relator citou contrato de comodato como um de cinco monitores multiparâmetros, e pediu para o gestor explicar o que são esses equipamentos, e se foram devolvidos. Leia mais na Folha da Cidade

Clima Bebedouro

FCTV Web