Ao considerar que o zelo com a saúde mental é importante em qualquer época, e não apenas na Campanha Janeiro Branco no sentido de questões emocionais e psicológicas, conversamos com o psicólogo José Benedito Di Tullio.

Ele falou da necessidade de manter o bem-estar em tempos de distanciamento social. O conceito de mão estendida e não o dedo apontado, por parte de familiares e amigos estão entre as dicas do profissional. Além da mente, José Benedito sugere cuidar da saúde física. 

Em relação a campanha se pensa nesse mês por ser de renovação, novos inícios e tentativas de olhar para si próprio, segundo o psicólogo, que considerou importante a contribuição do psiquiatra quando for o caso. Ainda afirmou que saúde mental e emocional sejam tratadas com carinho e respeito pela sociedade. Leia mais na Folha da Cidade

Em live realizada na Prefeitura, o prefeito Lucas Seren afirmou no final da tarde de quinta-feira (13), que decreto com validade a partir de ontem (14) limita 400 pessoas em eventos particulares, sendo que os públicos continuam suspensos ao citar o carnaval de exemplo. 

Lucas informou que os leitos de Enfermaria na cidade estão com 100% de ocupação, e de UTI, 60%. As medidas de prevenção foram recomendadas para o vírus não ser disseminado. Em nível de íntegra, a live pode ser acessada no perfil da Prefeitura no facebook, e o decreto no site. “Um crescimento rápido dos casos de Covid. E Bebedouro apenas no dia de hoje, e o dia não terminou foram 117 casos confirmados. A Ômicron se manifesta de maneira um pouco mais branda dentre outras coisas, graças a vacina, porém, assistimos portas de hospitais lotados. E como a infecção e contaminação dessa nova variante tem sido muito rápida, o sistema de Saúde, qualquer que seja, público ou privado não suporta tamanha demanda. Apesar da dificuldade estamos contratando mais profissionais. As equipes do Hospital Municipal, Estadual e Unimed estão defasadas com profissionais afastados porque estão contaminados. E muitos médicos tem receio de trabalhar no gripário com medo de se contaminar e ficar afastado. E são profissionais liberais, e ficam sem trabalhar e não recebem. É uma dificuldade enorme contratar médicos”, observou o prefeito.

Ele disse que um novo gripário estás sendo instalado nas dependências do Cerest no Hospital Municipal, no qual inicia o trabalho hoje (15), sendo que o Cerest vai começar a funcionar temporariamente na Casa dos Conselhos, anel viário, a partir de segunda-feira (17), com o objetivo de dividir o fluxo. “Todo esforço da Prefeitura é no sentido de não precisarmos de mais restrições. Sabemos que nosso Comércio não suportaria fechar as portas novamente. Muito importante que cada um faça a sua parte. Estamos fazendo mais de 300 atendimentos por dia somente no Hospital Municipal, e em média mais de 200 testes de Covid por dia. UPA a partir de sábado (hoje) terá mais 47 novos profissionais contratados para dar conta dessa demanda. Sabemos que se os números não pararem de crescer, essa quantidade de profissionais será pouca. Contamos com a colaboração de todos”. 

 

De acordo com a GCM (Guarda Municipal), os atendimentos em 2021 foram 15.568, sendo que 1.294 resultaram em boletim de ocorrência. O comandante Lorival Padovan falou dos trabalhos.

Pelo tráfico de entorpecentes houve 29 prisões, segundo os registros da GCM. “Em patrulhamento encontramos muitos indivíduos e locais que são conhecidos pelas guarnições. Fazemos abordagem de rotina. Infelizmente muitos menores e muita gente envolvida. É um envolvimento que não leva a nada, e futuramente vai pagar um preço muito alto. Inclusive toda a família. Melhor caminho é o estudo”, diz Lourival. 

As prisões por furto foram 17. “Aumentou demais e tudo gira em torno da pandemia, e muita gente ficou desempregada. Muitos beneficiados por Plano de Governo e depois cortou. E tem muito usuário de droga, e tem que sustentar o vício. Ficam sem dinheiro e o que achar pela frente acabam furtando. Os furtos são diversificados e não tem uma coisa específica”. Leia mais na Folha da Cidade

O diretor da Garagem Municipal, Silvio Renato Barbosa comentou sobre os desafios de um dos setores mais complexos da gestão pública. Sendo que a atuação ainda abrange Cozinha Piloto, Cemitério, Velório e Casa São Camilo.

Ele agradeceu a Deus, família, ex-prefeito Fernando Galvão, funcionários e ao prefeito Lucas Seren e vice Sebastiana Tavares, e informou que dúvidas podem ser esclarecidas pelo 17-3344-5100. Ainda afirmou que críticas construtivas para a melhoria dos serviços serão sempre bem-vindas. 

A respeito da limpeza pública ele pediu a colaboração da população em prol de um município limpo e organizado, e que o poder público segue cronograma com o objetivo de organizar o trabalho. E por fim, comentou sobre o que é feito com a frota a nível manutenção, abastecimento e destinação.  Leia mais na Folha da Cidade

Ao levar em conta o aumento no atendimento no gripário, sendo 290, conforme boletim divulgado antes do fechamento dessa edição pela Secretaria Municipal de Saúde, e da reclamação na organização da vacinação na terça-feira (4) no ginásio da antiga Feccib. Além da possibilidade de alguma eventual variante ou gripe h3n2, no qual o cenário provocou preocupação em vários munícipes. 

Na rede pública e particular a estrutura foi adaptada para agilizar o atendimento no gripário e evitar aglomeração. Silvéria enfatizou que a Secretaria está satisfeita com a logística adotada no Ginásio de Esporte da antiga Feccib. Sendo que o local é amplo, dá todas as possibilidades para as pessoas manterem o distanciamento, no qual possui amplo estacionamento, lixeiras e os equipamentos necessários para uma vacinação.

Ainda informou que a Secretaria de Saúde já está preparada para vacinar crianças de 05 a 11 anos. E que já houve várias reuniões, e que no momento está em fase final a organização de toda a logística da imunização infantil. No qual as doses serão aplicadas assim que as vacinas chegarem a Bebedouro. Leia mais na Folha da Cidade

Ontem (7), a Ghetto Beat´z, que produz instrumentais de rap, além de vídeo clipes, lançou o álbum Gamer Over, juntamente com um vídeo clipe da música Speed, que está disponível gratuitamente no YouTube, Spotify, entre outras plataformas digitais, no qual os links e demais trabalhos podem ser conferidos na página Ghetto Beat’z e a GB’Z LAB no Facebook, e o perfil no Instagram @gbz017.

O produtor e responsável Andrew Wesley falou do trabalho. “O tema do álbum é sobre luta, perseverança e conquista. Para narrar a gente usou referência de jogos de vídeo game, trazendo estética atual e retrô ao mesmo tempo. Usamos referência de jogos como Donkey Gong, Need for Speed, God Of War, Street Figther, Metal Slug, Mortal Kombat, Super Mario, entre outros jogos clássicos. O objetivo disso tudo é criar um universo entre as músicas para mostrar nosso trabalho através de uma arte diferenciada e original, elevar nosso talento e entreter o público com essa nostalgia do passado, mais mantendo a essência do Rap/Hip-Hop trazendo informação e cultura”, observou Andrew. 

Ele informou que serão nove faixas, sendo que uma versão deluxe do álbum será lançada alguns dias depois com mais algumas faixas inéditas. “Game Over estava na minha cabeça já tinha um tempo. Eu queria fazer alguma coisa com essa referência, aí surgiu a ideia de criar o álbum com esse nome. Game over que se refere ao fim de jogo no videogame, e eu trouxe para nossa realidade como se fosse o fim de uma fase, tudo aquilo de ruim que se passou acaba aqui, que daqui pra frente venham coisas boas”.

Referente as participações. “Nesse álbum eu e o Circunspecto convidamos pessoas próximas de nós, pessoas que a gente já estávamos trabalhando, por que ao nosso entender facilitaria a criação das letras. Convidamos o Moreira Brothers, que são uma dupla de irmãos que canta e compõem músicas de R&B daqui mesmo de Bebedouro. Convidamos também o Mano Jão e o Ramonstro que são dois mc’s de Barretos, que tem muitos trabalhos com a gente. Esse álbum a gente vem trabalhando nele já tem quase dois anos desde o primeiro beat criado até a última gravação”. 

Outras formas de contato são pelo e-mail ghettobeatz@outlook.com.br e o 17-991252551 e 17-991759989. “Quero agradecer a todo pessoal que acompanha o trabalho e vem apoiando cada vez mais e torcendo pra que a gente alcance nossos objetivos. Obrigado a todos”.

Em 30 de dezembro através de decreto, a Prefeitura por meio do prefeito Lucas Seren, instituiu a tarifa para prestação do serviço público de manejo dos resíduos sólidos domiciliares, tendo como fato gerador a coleta, remoção e destinação do resíduo domiciliar ou de estabelecimentos desde que equiparados ao resíduo sólido domiciliar, localizados na área urbana, realizada pelo serviço público.

A inciativa gerou indignação em parte da população e dos vereadores, sendo que Ivanete Xavier (PSDB) e Paulo Bianchini (Solidariedade) protocolaram Projeto de Decreto Legislativo para invalidar a ação do Poder Executivo. “Em suma, a finalidade do projeto é derrubar o decreto do executivo a fim de possibilitar que uma pauta de tamanha relevância seja melhor discutida antes de qualquer imposição a população contribuinte. Para que tenhamos êxito, é necessário que o projeto seja aprovado por maioria simples na câmara, ou seja, precisamos de ao menos seis votos favoráveis. Até o momento, os vereadores que assinaram o projeto além de mim foram Paulo Bianchini, Chanel, Gilberto Viana, Mariângela Mussolini”, diz Ivanete. Leia mais na Folha da Cidade

O treinador da ABA (Associação Bebedourense de Atletismo), Antonio Alves dos Santos, conhecido como “Tio Toninho”, vítima de câncer no pâncreas faleceu em 29 de dezembro no Hospital São Judas Tadeu em Barretos aos 59 anos.

Ele esteve no velório Arnaldo Daolio, e foi enterrado na tarde de 30 de dezembro no cemitério São João Batista. A perda trouxe comoção no município. Além do agradecimento ao treinador que sempre atendeu bem a Folha da Cidade, a nossa equipe externa sentimentos aos familiares e amigos. “Conheci em 2013, e agora é levar o nome dele para sempre. Além de ser meu treinador era como se fosse um pai. Aprendi muito com ele, e que Deus o tenha em bom lugar”, disse o atleta Robenilson Santos, “Robin”. “17 anos treinando com o Toninho. Treinador e gente boa. Ele iria me homenagear assim que completasse a 20ª participação na São Silvestre. Infelizmente apareceu essa doença nele e não deu. Ele nos deixou e vai fazer muita falta”, completou o também atleta Givaldo Teixeira Sobrinho, “Baiano”.

Natural de Colina, era solteiro, filho de Celestino Alves dos Santos e Aparecida da Silva Santos. Residia na Viela João Nobre no Jardim Santa Terezinha, no qual tinha o sonho de desenvolver projetos esportivos, sociais e culturais em prol do desenvolvimento humano, independente de revelar atletas de alto rendimento ou não nesse local. “Conheço o Toninho desde quando trabalhava na RB apresentando programa de Esportes há muitos anos. Ele competia na São Silvestre e nas provas aqui da região. Conheci através de divulgação que ele e o Givaldo, o popular Baiano faziam, e também o Niltinho, assessor de Imprensa da Câmara Municipal. O meu contato direto com ele no atletismo foi em 2016. Um cara extraordinário. Um bom atleta. Fazia tudo em prol do atleta. Ensinava e nunca quis saber de receber nada. Trabalhou muitos anos na coleta de lixo. E tudo que sabia passava para as pessoas. Aprendi muito com ele, e vou levar as orientações para as corridas”, comentou o locutor Toninho Silva também praticante do atletismo. 

A entidade manifestou-se em rede social. “Nosso muito obrigado por mais de 12 anos ter formado atletas de nível regional, estadual e nacional. Transformar pessoas comuns em amantes da corrida de rua. E é claro seu exemplo de vida, uma pessoa simples e sempre disposta em ajudar o próximo, agora cabe a nós dar continuidade. Descanse em paz tio Toninho”.

Além da presença da carreta do Hospital de Amor de Barretos, que estará estacionada em frente as unidades de saúde de 05 de janeiro a 29 de março. Na terça-feira (4) houve uma carreta de conscientização para convocar a população para realizar de exames preventivos de câncer de mama, útero, cólon, reto e boca. 

Na realização de exames podem agendar para Mamografia: mulheres de 40 a 69 anos; Papanicolau: mulheres de 25 a 64 anos; Boca: fumantes e/ou etilistas a partir de 35 anos ou pessoas com lesão de qualquer idade; Cólon e reto: homens e mulheres de 50 a 65 anos. Os documentos necessários são RG, CPF, Cartão do SUS e Comprovante de residência.  Os interessados devem agendar os exames na unidade mais próxima de sua casa. De quarta-feira (5) até ontem (7), a carreta esteve na ESF Moacyr Caldeira. Leia mais na Folha da Cidade

A merenda escolar pela Central de Alimentação voltou a ser assunto na sessão de segunda-feira (13). Na pauta dois requerimentos em conjunto da vereadora Ivanete Xavier (PSDB) e Paulo Bianchini (Solidariedade), que foram aprovados, no qual questionam se o arroz foi devolvido, além de procurar saber se a Vigilância Sanitária fez vistoria, e o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) foi solicitado.

A Folha da Cidade esteve no local e viu o lote separado do arroz que será devolvido, e do arroz que está sendo servido nas unidades escolares da rede municipal pública e estadual. Independente de datas, horários, locais e pessoas, o nosso objetivo é apenas informar para agregar valor seja qual for a situação. 

O diretor da Central de Alimentação, Silvio Renato Barbosa afirmou que a devolução foi solicitada e aceita por parte da empresa. De acordo com a Vigilância Sanitária, a vistoria foi feita após a visita dos vereadores, sendo feito o laudo de procedimento. E ainda informou o que foi apurado corpo estranho na alimentação, no qual caruncho, sendo que a solução foi a substituição do produto de imediato. Leia mais na Folha da Cidade

Clima Bebedouro

FCTV Web