De acordo com decreto estabelecido pelo Governo Estadual, o município, a partir de hoje (24) até a próxima sexta-feira (30), autoriza o funcionamento restaurantes e similares, salões de beleza e barbearias, parques, clubes e academias, com regras sanitárias e de distanciamento social com 25% da capacidade, conforme tivemos informação até o fechamento dessa edição.

Desde domingo (18), a cidade segue a determinação do Plano São Paulo. Sendo que o comércio e as lojas do shopping podem atender os clientes no interior dos estabelecimentos. Também está permitida a realização de cerimônias e cultos religiosos, desde que sigam todos os protocolos sanitários. Em todos os casos, a ocupação máxima é de 25% de capacidade.

Para quem descumprir as regras, as multas podem variar entre R$ 1.095,00 e R$ 10.950,00. Leia mais na Folha da Cidade

O Estado de São Paulo avançou para a Fase Vermelha do Plano São Paulo, que prevê o retorno presencial opcional nas escolas públicas estaduais e municipais, particulares e filantrópicas, universidades, cursos técnicos e de aprendizado. Sendo a partir de segunda-feira (19).

A presença não é obrigatória e cada família pode decidir pelo retorno ou não de seus filhos. Nessa nova fase da pandemia, a presença dos estudantes da educação infantil I será facultativa nas fases vermelha, laranja e amarela, sendo obrigatória nas fases verde e azul.  Já na educação infantil II e no ensino fundamental, as atividades escolares serão facultativas nas fases vermelha e laranja, mas será obrigatória nas fases amarela, verde e azul.  Confira as considerações do secretário de Educação, Hélio Souza.

A equipe de tecnologia da Secretaria Municipal de Educação, com o objetivo de divulgar os trabalhos e criar canais de acesso direto, como o fale conosco, contato via WhatsApp Business, abertura de editais e contratações, localização das unidades escolares vinculadas ao Google Maps, Google Classroom, TV Semeb entre outros conteúdos. Os dados estão disponíveis em www.educacao.bebedouro.sp.gov.br. Leia mais na Folha da Cidade

Dentre as campanhas de Saúde, o presente mês conta com Abril Marrom, que alerta para a prevenção de doenças que causam cegueira. A Folha da Cidade conversou com o oftalmologista André Parolin.

O médico reconheceu a importância de a mídia e sociedade difundir a Campanha, visto que a maioria das pessoas procuram a ajuda profissional quando apresenta uma dificuldade na visão, sendo tarde em muitos casos devido a falta de prevenção. “Importante em todos os aspectos da medicina ter um diagnóstico preciso, e um tratamento adequado. No caso da Oftalmologia não é diferente. Deve fazer regularmente visitas ao oftalmologista pelo menos uma vez ao ano. Tem doenças que são silenciosas e assintomáticas assim como um glaucoma crônico, que pode levar a pessoa a cegueira. É isso só é diagnosticado na consulta ao oftalmologista. É completamente evitável se for feito um tratamento correto. Exames não impedem que a pessoa tenham uma doença, mas impedem que uma doença progrida e venha trazer problemas limitantes para a pessoa no futuro”. 

Em relação as falsas notícias, ele deixou um alerta. “Hoje com o advento da Internet e das redes sociais apareceram muitos tratamentos milagrosos. As pessoas tem que ser certificarem bem primeiro, e ver de onde vem a fonte porque recebemos notícia no Instagram, Facebook ou WhatsApp, e o ser humano, principalmente o brasileiro, que é uma pessoa de bom coração tem por principio acreditar nas pessoas. Até que se prove o contrário, aquilo que recebe é verdade. Precisa realmente checar essas informações. Tratamentos milagrosos não existem. Tem muitas pessoas vendendo coisas milagrosas pela internet. Enganando e tirando recursos de algumas pessoas, que estão desesperadas por um tratamento. Não tem base científica. Se existisse milagre ninguém morreria”. 

Referente a pessoa recém nascida. “Quando a pessoa nasce passa pelo Teste do Olhinho realizado pelo pediatra em conjunto com o oftalmologista para ver se tem más formações congênitas, assim como tumores. Tem um tumor que chama retinoblastoma que deixa o reflexo de um dos olhos branco. Ou até mesmo uma catarata congênita. São inspeções realizadas de rotina, e se tornaram lei no país. Na primeira infância tem que tomar cuidado em fazer os exames de grau das crianças para ver onde pode aparecer um vício de refração que pode hipermetropia, astigmatismo, e até miopia. A miopia aparece por volta de 10 anos. Importante também avaliarmos estrabismo, que é o famoso olho torto. Tem dois tipos de estrabismo. Um que corrige com cirurgia, e um que corrige simplesmente usando óculos. É o que aparece entre 3 e 4 anos, que é chamado estrabismo acomodativo, onde um simples uso de óculos resolve o problema dessa criança. Importante acompanhar em todas as idades”. 

A miopia é uma doença muito limitante, e tem uma projeção daqui alguns anos, 40% da população mundial ser míope, segundo ressaltou o médico. “Isso com advento dos smartphones e tabletes. O pessoal está lendo e forçando muito. Uma dica é sempre ler a pelo menos dois palmos do seu rosto. Entre 10 e 15 anos pode aparecer o ceratocone, e se não tratar e tiver prevenção pode até levar a um transplante de córnea, no qual sou especialista e fiz mais de 500 transplantes registrados na Central de Transplante do Brasil. Pegamos muitos casos. Existe o tratamento, mas realmente o melhor é a prevenção. A ideia é não chegar no transplante de córnea”. 

Quando chega na vida adulta. “Sempre acompanhando os vícios de refração que é miopia, astigmatismo e hipermetropia tem paralelamente ao exame oftalmológico, o exame do fundo do olho, e o exame da medida da pressão do olho, e os demais exames que são mais sofisticados. A partir dos 40 anos começa a dificuldade para ler, que o pessoal chama de vista cansada, é a presbiopia. Dificuldade em ler de perto, um livro e um celular. Não é para ler na televisão. Para ler na televisão é outro tipo de problema. É também começa o glaucoma, que tem componente hereditário. Mas não significa que necessariamente vai ter alguém na família. Uma pessoa com parente com glaucoma tem mais chance de ter. Tem que medir a pressão do olho todos os anos, além de outros exames. Isso é preventivo. Glaucoma é doença silenciosa. As vezes a pessoa passa anos sem sentir, e quando procura o médico já tem grande perda de visão que não consegue recuperar. E isso poderia ser evitado com simples uso do colírio”.

No que tange aos idosos. “A partir dos 60 anos aparecem como catarata. Hoje tem cirurgia muito avançada para fazer esse diagnóstico e tratamento. Cirurgia que hoje tem resultado excelente. Aparelhos que em Bebedouro apresentam medidas eficazes e precisas. Muitas pessoas conseguem ficar depois da cirurgia sem óculos tanto para longe quanto para perto. Acima dos 65 anos temos que acompanhar quem tem problema no fundo do olho chamada degeneração macular relacionada a idade. O exame oftalmológico é importante em todas as faixas etárias. A pessoa com diabete precisa estar fazendo uma prevenção no fundo do olho”. 

Com o objetivo de atender mais de 400 famílias, a Campanha “Covid sem Fome”, foi iniciada no sábado (10), na qual iniciada com o drive-thru do alimento, sendo a abertura com a live da cantora Ana Canhoto. 

Hoje (17), a partir das 14h30 toda a equipe da campanha vai estar no Jardim Centenário, Alto dos Laranjais, Pedro Maia e Santaella. “Faremos um arrastão onde estaremos passeando nas ruas, batendo palma, apertando campainhas, e solicitando que as pessoas ajudem pelo menos com um alimento”, disse Pedro Sergio Marini, gerente de Vendas da Altas Chevrolet Bebedouro, integrante da organização da iniciativa.

As arrecadações vão até 6 de maio. “Tudo começou com o diretor Gilmar Luiz De Jorge, proprietário da Concessionária Atlas, onde me procurou e que gostaria de estar fazendo algumas doações e entregar cestas para ajudar algumas famílias necessitadas. Ao conversarmos surgiu a ideia de realizarmos algo mais forte, o de poderíamos estar angariando mais cestas e dinheiro para podermos atender essas famílias. Envolvemos a as Rádios Iguatemi, Bebedouro e Caminho Seguro com o grupo Altas Chevrolet”.

As cestas e os alimentos arrecadados estão guardados na Concessionária. “A ideia é fazer essa primeira entrega na Paróquia aos cuidados do Frei Nivaldo. Quanto a doação do PIX, devemos ter arrecadado em torno de R$ 6 mil a R$ 7 mil, no qual esse dinheiro apenas vai sair da conta em reversão de alimentos. Tenho certeza que na próxima terça-feira teremos um número excelente de cestas e alimentos para que o pessoal do Educandário possa estar montando, e talvez na quinta ou sexta-feira, atendemos algumas famílias porque a fome não espera. O ideal não é entregar tudo de uma vez. O ideal é entregar em três partes. A primeira na terça, a segunda no meio da semana e a última em 6 de maio”. 

O PIX é Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Os pontos de arrecadação Altas Chevrolet, Rádios Caminho Seguro, Bebedouro e Iguatemi, Supermercado Bizza, Beer House e Cell.com. “Durante a Campanha tem surgido empresas querendo participar. E quem quiser doar, de R$ 1,00 para cima será muto bem vindo. Dinheiro destinado para a compra das mercadorias para que a gente junte com os alimentos para formarmos as cestas por completo. A nossa equipe agradece a todos que pelo muito ou pouco com a gente, que através de vídeos, alimentos, PIX fazem parte dessa campanha. Gostaria de convidar a todos que se tiver interesse em estar junto com a gente, junte-se a nós. Vamos salvar vidas e evitar que pessoas morram de fome”, observou ao agradecer a Folha da Cidade.

Os vereadores analisarão o projeto que responsabiliza exclusivamente as empresas pela fiação dos postes com multa prevista no valor de 50 UFMS, sendo pouco mais de R$ 5 mil.  Pelo projeto, as empresas terão até 48h para realizar a manutenção.  Atualmente não há como saber qual a empresa responsável, o que leva a demora na identificação e também não há prazo para que o reparo seja efetuado.

O projeto tramita na Câmara acrescenta dispositivos ao Código de Postura para responsabilizar as concessionárias de energia elétrica, telecomunicações, TV a cabo a fim de que façam a identificação do seu cabeamento e a substituição ou reparo de qualquer dano ou prejuízo causado por ruptura ou queda na fiação. A vereadora Ivanete Xavier (PSDB), propõe o Projeto de Lei Complementar. Leia mais na Folha da Cidade

A partir de uma abordagem mais focada em negócios, o Inovar Juntos passou de um evento pontual de conexão com startups para um processo permanente de relacionamento. Agora com uma abordagem ainda mais conectada à estratégia da empresa e à digitalização de produtos, o novo formato do Inovar Juntos permite uma utilização mais dinâmica por parte dos times do Sicredi para gerar soluções por meio da colaboração com os parceiros. Atualmente, o programa acontece em dois formatos, sendo o primeiro com desafios sob demanda coletados internamente e endereçados às startups que já possuam capacidade de desenvolvimento de soluções, e o segundo com desafios focados em apenas um segmento a cada edição. 

As premissas dos projetos são foco na geração de valor para os associados do Sicredi, desafios alinhados com o planejamento estratégico da instituição e startups maduras, em ritmo de negócios. Após selecionar internamente os desafios, a equipe de inovação do Sicredi, com apoio de áreas de tecnologia e negócios, capta startups potenciais para o desenvolvimento das soluções.

Inovar Juntos já gerou mais de R$ 120 milhões em oportunidades de negócio para a instituição e agora busca uma abordagem ainda mais conectada com a estratégia de digitalização da empresa Para ampliar suas conexões com startups, o Sicredi evoluiu o Inovar Juntos, iniciativa que surgiu em 2018 com o objetivo de estimular o desenvolvimento de soluções que beneficiem a instituição e seus associados, além de reforçar a cultura de inovação com a aproximação do ecossistema de startups. Realizado com janelas específicas para a conexão com as startups nos dois primeiros anos, desde 2020 o programa evoluiu para um formato que permite uma aproximação mais ágil e constante com este público.

Ao longo de três anos os investimentos no Inovar Juntos foram de pouco mais de R$ 1 milhão, gerando mais de R$ 120 milhões em negócios até o início de 2021. Nesse período, a iniciativa já conectou o Sicredi com mais de 500 startups. Esses resultados ajudam a direcionar ainda mais a instituição para a inovação, que se posiciona cada vez mais próxima deste ecossistema. Só em 2020, já no novo formato, o programa oportunizou nove pitchs, com presença de 29 startups, resultando em nove experimentos desenvolvidos e viabilizando a validação de inúmeras hipóteses que ajudaram nas decisões dos times de negócio.

O programa é gratuito e startups do Brasil inteiro podem participar, a todo momento, desde que possuam um MVP (Produto Mínimo Viável) validado e que tenham aderência aos desafios propostos pela Instituição. Para saber mais sobre o Inovar Juntos e fazer a inscrição da startup, basta acessar o site https://sicredi.com.br/inovarjuntos. “Os aprendizados das edições iniciais e o amadurecimento do ecossistema de startups no Sicredi e também no Brasil, nos permitiu enxergar algumas oportunidades e experimentarmos ciclos mais flexíveis, gerando assim uma aceleração na cultura dos times em buscar conexões com startups para resolução de problemas ou explorar oportunidades de digitalização dos produtos e serviços. Esse novo formato foi desenhado para proporcionar um foco ainda maior nas soluções, e na geração de valor para as cooperativas e para o associado, que estão no centro das nossas estratégias de inovação”, explicou o gerente de Estratégia e Inovação do Sicredi, Dagoberto Trento. 

Em 24 de março de 2021 a Prefeitura tornou pública a dispensa de licitação para contratação da FUNJAB (Fundação José Arthur Boiteux), de apoio à UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). A contratação atinge a importância de R$ 1.399.000,00 pelo período de um ano.

O objetivo da contratação é a prestação de serviços técnicos especializados em desenvolvimento institucional, por meio de capacitação e aperfeiçoamento dos servidores do quadro da administração, com análise de hipóteses passíveis de redução, bem como revisão de gestão de gastos com pessoal. Sendo que um requerimento de autoria do vereador Chanel (Solidariedade) questionando a situação foi aprovado na sessão de segunda-feira (5).

Em nota oficial encaminhada à Folha da Cidade, a Prefeitura de Bebedouro informou que a Fundação desenvolve um sério trabalho. Conforme a repercussão na cidade e nas redes sociais, favoráveis a contratação acreditam que o investimento vai equilibrar a máquina pública. E quem é contra demonstrou desconfiança devido a reprovação das contas da Prefeitura pelo Tribunal de Contas nos últimos anos, além das dívidas do município e dos impactos provocados pela pandemia. Leia mais na Folha da Cidade

As pessoas com 47 anos ou mais serão vacinadas na próxima segunda-feira (12), das 14h às 19h, na Emeb Stélio Machado Loureiro. Os profissionais que atuam na Educação já podem acessar o site https://vacinaja.educacao.sp.gov.br.

O cadastro é obrigatório assim como a comprovação do vínculo empregatício. “Agiliza a vacinação deste grupo bastante específico. Vamos imunizar professores, merendeiras, auxiliares, serviços gerais, cuidadores e todos os profissionais que estão trabalhando diretamente com os alunos.  É necessário apresentar documentos pessoais e os últimos dois holerites para comprovar o vínculo empregatício”, orientou o secretário de Educação, Hélio Souza.

A aplicação continua na Vigilancia Epidemiológica após o dia 12. “Quem não conseguir comparecer na data marcada pode procurar nossa equipe no Hospital Municipal”, informou a secretaria de Saúde, Silvéria Laredo. Os profissionais devem fazer o cadastro no site com número do CPF, nome completo e e-mail. Em seguida, receberá um link no e-mail indicado e será necessário validá-lo para dar continuidade ao cadastro. É importante verificar se o e-mail não foi deslocado para a caixa de spam.

No passo seguinte, o profissional deve confirmar os dados pessoais e apontar nome da escola, rede de ensino, município e cargo ocupado. Também será necessário anexar os holerites dos meses de fevereiro e março. O cadastro passará por um processo de análise, e se validado, o profissional receberá em seu e-mail, o comprovante VacinaJá Educação, documento que terá um QRCode para verificação de autenticidade.

Idosos - A Secretaria Municipal de Saúde segue na vacinação contra a Covid-19, a partir de hoje (10). Idosos de 73 e 74 anos vão receber a segunda dose da Coronavac em drive-thru no Sambódromo. Das 7h30 às 9h30, 74 anos. Das 9h30 às 11h30, 73 anos. 

72 anos será a 2ª dose Coronavac, na segunda-feira (12), das 8h às 11h. Drive-thru no Sambódromo. 68 anos, 1ª dose Coronavac, terça-feira (13), a partir das 9h nas Unidades de Saúde. 67 anos, 1ª dose Coronavac, previsão quarta-feira (14), 8h às 11 no Sambódromo, Drive-Thru, a data será confirmada após a chegada das vacinas. Levar o formulário preenchido

A apresentação do formulário será obrigatória para quem for receber a primeira dose, para diminuir as filas e o tempo de espera no drive-thru. Para retirar, basta procurar a unidade de saúde mais perto de casa, apresentar o cartão de atendimento e o CPF. A apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19 é obrigatória para as pessoas que vão receber a segunda dose.

Gripe - Começarão a ser vacinados no Estado de São Paulo, a partir de segunda-feira (12), trabalhadores da Saúde, indígenas, gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto) e crianças com idade a partir de seis meses até cinco anos completos. 

Registradas nas forças policiais e divulgadas na Imprensa, ou não. Violência contra as mulheres ocorrem diariamente, com ou sem pandemia, e de diversas formas. A advogada Amanda Ribeiro de Camargo comentou a respeito desse cenário a nossa reportagem.

Ela que advoga há 8 anos na área de Direito de trânsito, civil e criminal, afirmou ser a Advocacia Feminista e os Direitos das Mulheres uma grande paixão. Ainda falou a respeito da Lei Maria da Penha, e Lei do Feminicídio, conforme o que determina cada uma, e as respectivas penalidades.

E estimula fazer a denúncia, e diz que a violência doméstica e familiar atinge mulheres de todas as idades, classes sociais e níveis de escolaridade. Jovem, idosa, negra, branca, pobre, rica, indígena, com deficiência, do campo ou da cidade. Leia mais na Folha da Cidade

Na quarta-feira (30), o Saaeb Ambiental iniciou a sondagem do terreno no Residencial do Pedro Paschoal para poder instalar o reservatório de água do novo poço profundo que será perfurado. 

Segundo a autarquia, o poço em questão atenderá o Setor Norte para resolver os problemas de desabastecimento nos bairros Parati I, II e III, Pedro Paschoal, Cidade Coração e Chácaras Parati. Sendo que a Licitação está agendada para acontecer em 19 de abril.

Os vereadores aprovaram por 9 votos, o crédito suplementar no valor de R$ 6 milhões para perfuração do poço profundo no Jardim Pedro Paschoal. O valor aprovado é do caixa do próprio Saaeb Ambiental. O crédito suplementar, não será o valor total no final. Sendo que o valor diminui conforme a proposta da empresa vencedora no certame licitatório. Leia mais na Folha da Cidade

FCTV Web

Clima Bebedouro