Desde a sexta-feira (19), professores da Rede Estadual de Ensino declararam greve, reivindicando, além de melhor remuneração, melhores condições de trabalho. Segundo o coordenador da subsede da Apeoesp de Bebedouro e região, Paulo César dos Santos Alves, tal situação foi deliberada no dia 15 de março, e somente nessa sexta-feira foi confirmada a adesão, sendo que até o momento 26% da categoria aderiram ao movimento.

No entanto, apesar da necessidade de mudança, o coordenador da Apeosp afirma que na cidade a adesão ainda é pequena, porque existe a tradição de esperar o fortalecimento do movimento para só depois adentrá-lo. Parte dos professores estão dando continuidade aos trabalhos e um grupo interrompeu as atividades.

Paulo enfatiza que quando fala em relação à violência constante, insere nesse contexto não só a violência física, mas também a falta de condições dignas dentro da sala de aula, devido à falta de recursos e à necessidade constante de trabalhar com diferentes níveis de alunos.

 

Na tarde de quarta-feira (17), o diretor do departamento de Obras da prefeitura, Gilmar Feltrin, e o gestor do departamento de Engenharia Planejamento e Convênios, Vagner Silveira, assumiram o compromisso, no Paço Municipal, de que as obras de recapeamento do asfalto nos pontos mais críticos da cidade terão início no prazo de dez dias, caso a cidade não seja assolada por mais chuvas.

Informaram também que devido à atuação dentro do planejamento, Bebedouro não consta na lista de cidades investigadas pela Polícia Federal devido ao cancelamento da licitação feita anteriormente com a empresa Scamatti & Seller para a realização de alguns recapeamentos e execução de alguns convênios na cidade.

“Pensar no trânsito do nosso Município”, esse é o tema da audiência pública que se realizará às 20h do dia 14 de maio, no plenário da Câmara Municipal. De autoria do vereador Chanel (PDT), o evento busca formas para corrigir e prevenir os principais problemas do setor na cidade.

Chanel justifica que a mobilidade urbana deve ser discutida e que a municipalização do trânsito é obrigatória. Ele argumentou, segunda-feira (15), na Tribuna, que o trânsito na cidade precisa ser pensado a curto, médio e longo prazo, no sentido de reestruturação no centro e em alguns bairros que não têm via definida, além da necessidade do respeito entre os usuários. Placas de trânsito para identificar nome de ruas e implantação de ciclovias foram sugeridas, respectivamente, por Paulo Bola (PTB) e Beto Mazzeu (DEM).

Na manhã de quinta-feira (11), representantes do grupo Pão de Açúcar anunciaram, na prefeitura, alguns pontos do pré-projeto para a construção de uma unidade do Extra Hiper, na região central, iniciativa que se integra ao programa de ampliação da rede no interior do Estado de São Paulo.

Segundo o diretor cooperativo do grupo Pão de Açúcar, Paulo Pompilio, atualmente cidades do interior paulista possuem uma força maior que outras fora do Estado de São Paulo, considerando cidades próximas a Bebedouro tão importantes quanto à capital. Ele informa que hoje o grupo conta com 160 mil funcionários colaboradores e 1.800 lojas, e é formado pelas ramificações Pão de Açúcar Supermercados; e Extra Hipermercados, que se completam com Extra Supermercados, drogarias, postos de gasolina e minimercado.

Foi realizado na noite de terça-feira (9), na Faculdade Municipal de Bebedouro - Imesb, o 2º Investidouro, organizado por meio de uma parceria entre o Sebrae com a prefeitura. O evento orientou empresários locais que atuam em diversos segmentos, como indústria, comércio, serviços e agronegócios, sobre o processo de “Compras Públicas”, capacitando e estimulando a participação de empresas locais nos processos de concorrência pública.

Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal, os vereadores aprovaram nove projetos: seis requerimentos e três moções, sendo que entre os projetos pode-se destacar o nº 44/2013, que dispõe sobre a criação da Imprensa Oficial Eletrônica, também conhecida como Diário Oficial Eletrônico de Bebedouro, e de acordo com o artigo 7º do projeto, as publicações e divulgações serão feitas de segunda-feira a sexta-feira, exceto nos feriados nacionais, estaduais e municipais, havendo a exceção no parágrafo único do referido artigo, publicações excepcionais, no caso de relevante interesse para a administração pública municipal ou do Poder Legislativo.

A aprovação da Imprensa Oficial contou com a abstenção dos vereadores Freitas (PT) e Nasser (PV), que por diversas vezes utilizaram a Tribuna para defender seus posicionamentos, afirmando que eram a favor da aprovação do projeto, mas solicitavam adiamento da votação para a próxima sessão ordinária.

Após encontrar um homem em estado de decomposição, na manhã de terça-feira (2), na antiga Estação Ferroviária, a Folha da Cidade deparou com problemas que afetam as áreas da Saúde, Economia e Segurança de Bebedouro.

Desde o término das atividades da linha férrea, há algumas décadas, a economia e segurança do município sofrem com o descaso do poder público, que vem de longa data. Embora o ambiente, que fica na avenida dos Antunes, 185, desfrute com o comércio de pequenas empresas, e atividades culturais, educacionais, religiosas e esportivas, vale lembrar que vagões abandonados, moradia irregular, consumo de entorpecentes, bebida alcoólica, prostituição, criminalidade e falta de limpeza compõe o cenário do próprio local, situação que segundo o coordenador da Cultura, Glauco Correa, requer a reunião com os responsáveis para que as devidas providências em relação aos vagões que se encontram abertos e fora da Estação sejam tomadas.

De acordo com o irmão da vítima, o rapaz de 52 anos foi internado há algum tempo devido a uma convulsão, estava entregue a bebida, e decidiu optar por esse tipo de vida.

Com o objetivo de oferecer novos cursos que atendam às necessidades do atual mercado de trabalho, a Faculdade Municipal de Bebedouro - Imesb, a partir do mês de julho, oferecerá durante o vestibular a opção de novos cursos: Engenharia de Produção, e Arquitetura e Urbanismo, para que as aulas semestrais, nos períodos diurno e noturno, possam ter início a partir de agosto.

A diretora, Luciana Sene, lembra que tal conquista foi novamente solicitada desde setembro de 2010, ocasião em que esses dois cursos já estavam autorizados, desde 2000, quando também ocupou o cargo na direção da autarquia.

De acordo com a vice-diretora, Vanda Burjaile Romeiro, a expectativa de adesão aos novos cursos é alta e já teve início, observando a grande carência desses profissionais no mercado de trabalho, e enfatizando que uma das vantagens será o acesso ao currículo dinâmico de qualidade com baixas prestações.

Sob o tema “Um olhar através da Convenção da ONU sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência: Novas Perspectivas e Desafios”, foi realizado o Encontro Regional da Pessoa com Deficiência, na manhã de quarta-feira (3), no anfiteatro do Imesb.

Funcionando como sede em Bebedouro desde 2004, o Núcleo IX é composto por 42 cidades e abrange as regiões de Barretos e Franca. O objetivo do evento foi discutir e aprovar propostas que serão levadas para o 16º Seminário Estadual, a ser realizado em São Paulo, no dia 3 de julho de 2013. Durante o Encontro Regional, foi definida a escolha de três delegados que concorrem a vagas de secretário estadual, e de forma provisória, houve uma eleição que posteriormente deverá representar o IX Núcleo.

Segundo informações do Departamento Municipal de Tráfego, dos aproximadamente 180 mototaxistas em atividade na cidade, apenas 20 estão devidamente regulamentados de acordo com a Lei Federal 12.009, de 29 de julho de 2009; Lei Municipal 4.211, de 14 de setembro de 2010; e o Decreto Municipal 9.798, de 3 de agosto de 2012.

De acordo com a diretora do DMT, Maria Aparecida Zucatelo Penna, até o momento nenhum motofretista ou motoentregador tomou as medidas para essa regulamentação, que é necessária, porque com a existência dessas leis, essa adequação é uma necessidade e o departamento está aberto para essas negociações. Essa situação incomoda os mototaxistas já regulamentados, que se mostram insatisfeitos com a liberdade dos que ainda trabalham na ilegalidade.

FCTV Web