A reunião realizada na manhã de terça- feira (11), na Câmara Municipal e composta por vereadores de Bebedouro, Monte Azul Paulista, Severínia, Olímpia e Embaúba já colheu os primeiros frutos. O presidente da Acamurca (Associação das Câmaras Municipais da Região de Catanduva e Média Araraquarense), vereador Hilário De Oliveira (PT-Olímpia), afirmou que essa pauta será defendida pela associação que hoje reúne mais de 80 vereadores da região.

Encabeçada pelo vereador Paulo Bola (PTB), a reunião serviu de fórum para discutir a paralisação e a qualidade das obras da rodovia Armando Sales de Oliveira entre as cidades de Bebedouro e Olímpia. Entre as decisões acordadas, cada vereador em sua respectiva câmara protocolará requerimentos e moções cobrando a continuação das obras.  Bola defendeu que esse é um problema que atinge a todos.

Na avaliação de Bola, que percorreu todo o trecho entre Bebedouro e Olímpia, há muito ainda a ser feito e a paralisação das obras tem colocado em risco a segurança dos motoristas que trafegam, sobretudo, no trecho entre Bebedouro e Monte Azul.

De junho a agosto foram 36 registros de incêndios de grande porte em mato, mata nativa e área de preservação. Os especialistas do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) dizem que a seca favorece, mas culpam intervenção humana pelos ocorridos. Leia o que disseram o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil sobre o assunto.

A pauta da sessão ordinária de segunda-feira (3), na Câmara apresenta indicações e requerimentos relacionados às necessidades do Povoado de Andes. As proposituras em questão foram elaboradas pelos parlamentares Paulo Bola (PTB), e Nasser (PV).

Em requerimento aprovado pelo Plenário do Legislativo nesta segunda-feira (3), Nasser solicita informações sobre a situação legal do barracão situado no povoado, que pertencia à antiga rede ferroviária, e que hoje não se sabe qual deve ser a sua real destinação.

No documento e na tribuna, o vereador defendeu a sua cessão para atividades sociais que beneficiem aos moradores. Ele solicita providências na estrutura da Base da Guarda Municipal, que apresenta problemas no telhado. E também pede a abertura de uma janela na parede da parte frontal, e a instalação de toldos nas portas e janelas. 

Bola pede providências em iluminação pública, reparos em bueiros, e requer uma audiência pública, que vai discutir o tráfego de caminhões de cana de açúcar e vinhaça.  Esse último assunto será discutido em audiência, a ser realizada às 19h30, do próximo dia 31 em Andes.

O prefeito Fernando Galvão foi a São Paulo solicitar mais uma vez, a autorização da ALL (América Latina Logística) para o início das obras no muro da antiga FEPASA. O projeto, a verba e a licitação estão liberados desde 2014, mas a Prefeitura aguardava a liberação da ALL e da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para o início das obras.

Serão investidos R$ 556 mil, fruto de convênio entre a Prefeitura e o Governo do Estado de São Paulo. O assessor da Diretoria de Relações Institucionais da ALL, Emanoel Tavares Costa Júnior e Fernando Galvão também conversaram sobre a retomada de operação da linha férrea, que beneficiará Bebedouro e região. A Prefeitura e a ALL já trabalham para a implantação do projeto.

De segunda (3) a quinta-feira (6)a Coopercitrus e a SicoobCredicitrus realizaram a Feacoop na Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro. O evento contou com soluções integradas em insumos, máquinas e implementos agrícolas, além de demonstrações e comercialização das tecnologias em agricultura de precisão e tendências de mercado.

Além de contar com uma adesão expressiva de expositores, mais de 160 empresas presentes, e ampliação do espaço físico, agora com 125 mil m², a feira terá duração de quatro dias para que produtores rurais tenham mais oportunidades de conferir todas as novidades preparadas pelas cooperativas e para que garantam bons negócios.

O intuito da cooperativa na feira foi mostrar tecnologias aplicáveis. Sendo que a mesma aconteceu em um momento oportuno para o planejamento agrícola dos produtores rurais.

Na manhã de ontem (07) foi apresentada em frente à Prefeitura, uma frota de 10 ônibus da Viação Guarulhos S/A. Empresa na qual após vencer uma licitação assume o transporte coletivo em Bebedouro nos próximos 15 anos, com possibilidade de ser prorrogada uma concessão por igual período.

Durante a solenidade de entrega este presente o presidente do Sindicato dos Empregados em Empresas de Transporte Urbano e Suburbano de Passageiros de Ribeirão Preto, João Henrique Bueno. “Acompanhei a licitação e a mesma foi limpa e honesta. Transporte público não é somente ônibus novo. É necessário implantar um serviço ágil e seguro. Além de ter um asfalto sem buracos. Também é importante proporcionar bons abrigos”, disse no sentido da população ficar protegida de sol e de chuva.

A Prefeitura apoiou o 17° Encontro de Ferreomodelismo Frateschirealizado na Estação Cultura, no sábado (25). Reunindo um público rotativo de cerca de 5 mil pessoas e 25 maquetes.

Para o prefeito, Fernando Galvão, investir em eventos turísticos é muito importante para a cidade, atraindo muitos visitantes que utilizam os serviços oferecidos em Bebedouro.

Paulo Sotelo Calvo, de São José do Rio Preto, participa desses eventos desde o final de 1990 e observa que esses eventos incentivam a cultura do ferreomodelismo e do turismo.

O bebedourense, Cristiano Henrique Caon, participa desses eventos há dois anos e acredita que esse lazer incentiva seu filho as aprender noções de logística, urbanismo, arquitetura, espaço e noções de trânsito.

Handebol, futsal, vôlei ou qualquer evento de outra natureza não pode ser realizado atualmente no Ginásio Sérgio Baptista Zacarelli, na Feccib Velha, no Jardim Casagrande. O motivo é o piso desgastado. Vale lembrar que goteiras, pombos e falta de acessibilidade também complementam as adversidades existentes no local. 

A troca de piso aconteceu em 2010 após o futsal masculino realizar uma parceria com o São Paulo Futebol Clube. Na ocasião houve o aumento da quadra para obedecer o regulamento da CBFS (Confederação Brasileira de Futsal) para que o time disputasse os jogos como mandante em Bebedouro.

O diretor do DME (Departamento Municipal de Esportes), Juliano César alega que a empresa responsável pela obra do piso trabalhou por volta de dois dias na obra. E que falta comprometimento do dono da mesma em dar continuidade ao trabalho. 

A empresa em questão é a Technopav Tecnologia Mecanizada em Revestimento de Pisos Ltda, de São Carlos, mas a empresa não se manifestou até o fechamento dessa edição. Juliano informa que Bebedouro não dispõe de mão de obra para realizar o expediente no piso da quadra. 

A Prefeitura licitou o transporte urbano através de uma concessão, por 15 anos, podendo ser prorrogada por igual período. Sendo que recentemente, a Viação Guarulhos S/A foi anunciada para assumir o transporte público coletivo de Bebedouro. 

O diretor de Gabinete, Paulo Sérgio Garcia Sanches observa não chegou ao seu conhecimento uma data precisa. Porém, por força do contrato o prazo é 12 de agosto. Caso não iniciar ainda existe a possibilidade uma permissão de suplementação de prazo desde que a Prefeitura autorize por algum motivo muito justo. 

Atualmente um ponto de ônibus está em fase de testes em ponto na Avenida José Francisco Paschoal. O secretário de Defesa, Desenvolvimento Social e Cidadania, Archibaldo Camargo, que responde pelo Departamento Municipal de Trânsito e Transporte também opina sobre o assunto.

Seis alunos de taekwondo entre 9 e 13 anos, a Academia Bebedouro TKD Bang, que são treinados voluntariamente por João Batista Alves, na Escola Paulo Rezende Torres de Albuquerque, no Residencial Bebedouro estarão amanhã (21) representando a cidade, no Kobra Opem Championship de Taekwondo de Fronteira (MG), no Ginásio Poliesportivo Blair Mendonça.

João conta que será a primeira experiência dos alunos em competição. O treinador, que também é competidor presta um trabalho voluntário no CSU Arnaldo de Rosis Garrido, no Jardim Alvorada pela Academia Bebedouro TKD BANG, de segunda, quarta e sexta-feira, das 18h às 19h30, e na Escola Paulo Rezende Torres de Albuquerque, no Residencial Bebedouro, porém das 20h às 21h30.

FCTV Web