A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica no setor de Vetores e Zoonoses, recebeu o Samuvet, Sistema de Atendimento Móvel de Urgência Veterinária, ambulância que será utilizada exclusivamente para o socorro de animais abandonados. 

O veículo foi entregue na segunda-feira (01), na sede do setor de Vetores e Zoonoses. A conquista foi concretizada através dos esforços da vereadora Mariângela Mussolini e do ex-vereador Paulo Bola. Além dela e do ex-vereador, o vereador Gilberto Viana esteve presente na cerimônia. A parceria contou com os deputados Leo Oliveira e Baleia Rossi. Todos MDB. “Hoje a causa animal teve uma surpresa muito boa, que estávamos esperando há muito tempo. Recebemos a ambulância veterinária, que foi uma emenda do deputado Leo Oliveira de Ribeirão Preto, que mandou para Bebedouro esse presente hoje. Estamos muito felizes porque agora teremos um Samuvet para resgatar os animais nas ruas atropelados e doentes. Uma vitória na causa animal em Bebedouro”, disse Mariangela na sessão de segunda-feira. Leia mais na Folha da Cidade

Na terça-feira (2), o município decretou medidas de prevenção para o controle da proliferação da Covid-19, e a necessidade de implantação de nova medida inerente à prestação de serviços e estabelecimentos comerciais em Bebedouro.

Até segunda-feira (1), o Comércio estava funcionando com balcão improvisado na porta em razão do município estar na fase vermelha. Com o avanço para a fase laranja ficou autorizado o funcionamento, respeitando-se as medidas de distanciamento e as normas estabelecidas em que os estabelecimentos, atividades e os prestadores de serviço podem funcionar com 40% de sua capacidade, em horário reduzido de 10 horas diárias, devendo o fechamento ocorrer até as 22h. Confira o que está determinado para os outros segmentos como igrejas, academias, salões de beleza, etc. Leia mais na Folha da Cidade

Em alusão ao Dia do Aposentado, celebrado no país em janeiro. Conversamos com o advogado Fabio Moraes dos Santos, que falou sobre aposentadoria e os cuidados que esse público precisa quando for solicitá-la.

Ele orientou sobre os cuidados que precisam ser tomados para evitar prejuízos. Ressaltou a forma em que o advogado procede para adiantar o processo previdenciário de um cliente. Ele sugere guardar cuidadosamente todo e qualquer documento que possa vir a fazer prova de alguma alegação fundamental para embasar quaisquer pedidos de aposentadoria ou benefícios previdenciários junto ao INSS. Além de consultar advogado especialista no ramo do Direito Previdenciário para verificar qual a melhor possibilidade de se ter o pedido de benefício atendido. Leia mais na Folha da Cidade

Os profissionais de Saúde já estão preparados para vacinar os idosos contra a Covid-19 em sistema drive-thru. A prefeitura recebeu 480 doses da vacina do Butantan/Coronavac para imunizar os que possuem mais de 90 anos. 

A ação acontece no Sambódromo Municipal, das 8h às 14h, da próxima segunda-feira (8). Terça-feira (9), vacinação nos postinhos, quarta-feira (10), vacinação dos idosos acamados, residência dos idosos. O prefeito Lucas Seren solicitou atenção especial aos acamados. “Nossa equipe já conhece as famílias e os idosos com dificuldade de locomoção, que serão vacinados em casa. Os demais vão receber as doses de uma forma muito segura e organizada, como já aconteceu nas etapas anteriores em Bebedouro. A diferença é que para eles será drive-thru”, explicou o prefeito.

Após a conclusão desta remessa, a campanha avançará para idosos a partir de 85 anos, na segunda-feira (15). “O Estado dividiu a imunização por idades, já que essa faixa etária exige muitos cuidados. Nossa maior preocupação é deixá-los seguros e longe de aglomerações. Novas doses vão chegar e daremos andamento à campanha”, informou a secretária de Saúde, Silvéria Maria Peixoto Laredo.

Cuidadores de idosos - Os profissionais que trabalham como cuidadores de idosos também terão direito à vacina, desde que comprovem o vínculo empregatício. Eles devem acompanhar os idosos, apresentar a carteira de trabalho, o último holerite ou uma declaração do empregador assinada e com firma reconhecida em cartório. “É importante frisar que, ao assinar, o empregador se torna responsável legal por essa vacina. Nesta categoria não se enquadra os familiares do idoso, a vacina é exclusiva para o profissional”, esclareceu a secretária.

Balanço - Bebedouro recebeu 1.360 doses da Coronavac em 20 de janeiro e 1.050 doses da Oxford/AstraZeneca no dia 27. Já em 02 de fevereiro, foram 1.430 doses da Coronavac, 950 para profissionais da saúde, e 480 para idosos com 90 anos ou mais. “Já vacinamos 100% dos profissionais da linha de frente, dos hospitais, funerárias, cemitério e laboratórios que realizam exames do novo coronavírus. Todos os funcionários da saúde municipal e os idosos que moram em asilos também já estão protegidos. Agora vamos finalizar os que trabalham na iniciativa privada ou são autônomos”, concluiu Silvéria. 

Leitos - Na terça-feira (26), o prefeito Lucas Seren foi atendido pelo vice-governador Rodrigo Garcia em São Paulo. Ocasião em que foi acompanhado pelo deputado federal Geninho Zuliani (DEM), e prefeita de Barretos, Paula Lemos para entender as novas regras, que levou Bebedouro para a fase vermelha. 

Lucas afirmou que 26 leitos foram conquistados para a região. “Focamos na solução, e entendemos que precisávamos de novos leitos, e conseguimos. Na quarta-feira esses leitos estavam em funcionamento na nossa região. Restrições nos entristecem. Não pensem vocês que é fácil estar aqui do nosso lado. Nenhum prefeito quer fechar nada, proibir cultos e missas, fechar restaurante e academia. O que nos alegra é ver tudo aberto, funcionando e prosperando, e vir novas academias, restaurantes, igrejas e assim por diante. Nem sempre podemos seguir a emoção. É preciso ter a razão na frente nesse momento”.

No final da tarde de quinta-feira (28), o Tribunal de Justiça suspendeu o retorno presencial das aulas no Estado de São Paulo. A decisão vale para a rede pública e privada. A Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) teve a liminar concedida pela juíza Simone Gomes Rodrigues Casoretti, na qual barra o decreto do governador João Dória (PSDB), que autorizava a abertura das escolas.

O Governo Estadual enfatizou que vai recorrer da liminar. Antonio Gandini Junior, diretor regional da Apeoesp, na qual atua pela sub-sede em Bebedouro, garantiu que o Sindicato vai recorrer caso a liminar perder a validade que obteve na quinta-feira. O secretário de Educação de Bebedouro, Hélio José dos Santos afirmou que todos os protocolos da segurança serão seguidos, conforme sugere as autoridades no assunto, e informou o cronograma previsto pelo município, no qual pode permanecer ou ser alterado. 

Segundo a juíza, o agravamento da pandemia ocasionada pela propagação do vírus Sars-CoV-2 é notório. Contudo, a situação atual da crise sanitária não justifica a retomada das aulas presenciais nas escolas localizadas nas áreas classificadas nas fases laranja e vermelha. Leia mais na Folha da Cidade

A campanha de vacinação contra o novo coronavírus teve continuidade nessa semana. A Secretaria de Saúde recebeu 1.050 doses da Oxford/AstraZeneca, que foram aplicadas nos funcionários dos departamentos municipais de Saúde e no Ibene (Instituto Bebedouro de Nefrologia). 

Os demais profissionais compareceram no “Postão”, localizado na escola Stélio Machado Loureiro. “Recebemos um segundo lote, novas doses de esperança para nossa cidade. Tivemos duas equipes volantes, que foram até nossos departamentos de Saúde da Prefeitura e IBENE. No ‘postão’ foram vacinados os profissionais das farmácias, consultórios, médicos, psicólogos, dentistas e demais funcionários da Saúde. Seguiremos firmes na luta contra o coronavírus e contamos com a união de todos contra esta doença”, disse o prefeito Lucas Seren. 

O município esclareceu que não houve vacinação na tarde de quarta-feira (27), quinta (28), ontem (29), e nem haveria hoje (30). A equipe de Saúde aguarda a chegada da 3ª remessa para reiniciar a vacinação, quando será emitido um novo comunicado com datas e horários da imunização, no qual não informado até o fechamento dessa edição.

Leitos de UTI e reanálise do Plano São Paulo - “Na cidade de São Paulo tive uma agenda com o vice governador Rodrigo Garcia. Estamos buscando mais leitos de UTI para a nossa região e também uma reanálise da classificação no Plano São Paulo. Vacinação é um importante passo para vencermos esse momento. Continuamos contando com a compreensão e colaboração de todos. Estamos fazendo a nossa parte, e buscando uma solução para esse momento. Vamos continuar trabalhando pelo bem de todos”.

Dados - De acordo com a Secretaria de Saúde até o fechamento dessa edição. o município contabiliza 2.381 casos confirmados da Covid-19. Sendo 2.308 curados, nove positivos em monitoramento, e 43 óbitos confirmados em Bebedouro e 21 em outros hospitais.

46 estão internados, sendo 19 de Bebedouro,  148 suspeitos, no qual em investigação, 79 atendimentos no gripário, 4.719 descartados, e 7.248 notificações, que variam entre casos positivos, negativos, e dos que estão em investigação. Dos pacientes internados nos hospitais, Enfermaria do Hospital Municipal, dois pacientes; Enfermaria do Hospital Estadual, 11 pacientes; UTI do Hospital Estadual, 17 pacientes; UTI da Santa Casa de Barretos, quatro pacientes, sendo todos SUS. Por convênios, 12 pacientes. 

Mestre em Filosofia, doutorado em Educação, Hélio José dos Santos assumiu a Semeb (Secretaria de Educação Municipal de Bebedouro), no qual falou a nossa reportagem sobre o desafio de estar à frente da referida pasta.

Ele atuou na Educação Básica de 2007 até o ano passado. Além de 11 anos de no Ensino Superior, sendo na pró-reitoria acadêmica do Centro Universitário Unifafibe. “O prefeito Lucas fez o convite e fiquei surpreso. Ele me fez refletir que poderia devolver para a sociedade todo esse conhecimento adquirido ao longo dos anos tanto do ponto de vista pedagógico quanto da gestão. Não apenas retribuir, mas fazer com que possa ampliar o que já foi feito de bom na Secretaria de Educação, trazer novas ideias. E chegar nas pessoas que mais precisam, e transformar vidas por meio da Educação. É um desafio enorme, é contribuir para o bem comum para uma sociedade melhor”, disse Hélio. Leia mais na Folha da Cidade

 

Apesar da fase vermelha atrasar a volta das atividades esportivas disponibilizadas pelo DME (Departamento Municipal de Esportes), o diretor Lucio Mauro dos Santos falou à para a nossa reportagem, a respeito do planejamento do retorno, que vai depender do cenário da pandemia no município.

Ele disse que as reuniões com os professores começaram na semana passada para planejar e colocar as atividades em prática. Mauro afirmou que o objetivo seria iniciar as atividades em fevereiro. na Fábrica de Campeões com musculação, onde uma sala está sendo montada. Além da musculação, também iríamos retornar hidroginástica e ginástica no local. 

O diretor ressaltou a intenção de implantar no Sambódromo, Atletismo com a Corrida de Rua, uso das quadras, reativação da pista de skate, aulas de dança e ginástica. Leia mais na Folha da Cidade

Comandante da GCM (Guarda Civil Municipal), Lorival Padovan tem a sub-comandante Cássia Simone Rodrigues. Ele está há 29 anos na corporação, e ela 26. Ambos agradeceram a Deus, família e prefeito Lucas Seren pela oportunidade, e afirmaram que atuar na segurança pública é fazer o bem em prol da sociedade.

A dupla respondeu as questões elaboradas pela Folha da Cidade em conjunto. Além da Guarda Civil, a Defesa Civil também estará funcionando na antiga sede do Corpo de Bombeiros, Avenida dos Antunes. Ainda falaram sobre a capacitação da equipe e parceria com as outras forças policiais. 

E disseram que os principais desafios serão atuar com maior abrangência na cidade reprimindo a violência nos bairros, área central e locais com públicos vulneráveis como crianças, adolescentes e idosos. Leia mais na Folha da Cidade

A Secretaria Municipal de Saúde recebeu o primeiro lote da vacina contra o novo coronavírus na madrugada de quarta-feira (20), e já começou a aplicar as doses nos profissionais da área. 

O Plano Municipal de Imunização seguirá as regras do calendário estadual, imunizando os profissionais da Saúde, e em seguida, os idosos a partir de 75 anos. “Recebemos 1.300 doses. Chegou às 3h. Já estamos vacinando os profissionais da Saúde. Não é pelo fato de ter sido vacinado que já está imunizado e pode tirar a máscara, e fazer festa. Isso não é verdade. Vamos vacinar todos os profissionais da Saúde nesse primeiro momento. E continuar com todo o rigor do isolamento social que a gente precisa. Não pode ter festa nesse momento e tem que manter a higiene das mãos. Pedimos para a família inteira não ir para o supermercado. O ideal é que vai um. Encontramos famílias inteiras nas ruas fazendo compras. Pedimos novamente para a população retomar os cuidados. A situação ainda não está resolvida. Estamos em franca pandemia, e a exemplo do que vemos hoje na Europa existem países que vacinaram grande número de pessoas, e o números continuam subindo”, afirmou a secretária de Saúde, Silvéria Maria Peixoto Lorêdo.

As doses do Instituto Butantan serão disponibilizadas por etapas. Serão aplicadas doses in loco e em “postão” na EMEB Stélio Machado Loureiro. “Profissionais da saúde e idosos serão os primeiros contemplados. A vacina é nossa maior aposta para frear a pandemia e retomar a economia. As máscaras e os cuidados de higiene vão nos acompanhar durante todo o ano, mas imunização salvará vidas de bebedoureses”, diz o prefeito Lucas Seren. 

A vacina apresentou 78% de eficácia em casos leves, 100% em moderados e graves e 50,38% em índices globais. “Após esta primeira etapa, vamos seguir as demais datas do Ministério da Saúde e Governo do Estado de São Paulo, até a vacinação de toda a população”, observou a secretária de Saúde. 

Ainda não tem previsão para chegar o segundo lote do total que contempla as 3 mil doses, segundo a secretária. “Estado preocupado com a logística. Acreditamos que para os próximos dias vai chegar”. Em relação ao atendimento nos distritos. “A gente está verificando a ausência de médicos em várias unidades, e estamos providenciando a recolocação desses médicos nesses setores. Muito provavelmente não tenham médicos no tempo integral. Ou seja, a semana inteira, mas pretendemos melhorar o que hoje vem sendo oferecido. A vacinação para os distritos segue o mesmo calendário da cidade”.

Independentemente do grupo, a secretária sobre a quantidade de doses e do intervalo de uma para outra. “São duas doses para todos os grupos dessa vacina que estamos usando do Butantan. Quem tomou vacina do Butantan não pode tomar de outro laboratório. O intervalo é de 21 dias”.

Imunização - Marilda Kiill, enfermeira no Hospital Municipal conversou com a nossa reportagem após ser imunizada na manhã de quarta-feira. “Uma sensação maravilhosa porque estamos na luta no dia-dia. É um sinal de luz para gente, pacientes e população inteira. Vacina salva há muitos anos. Vamos ser fortes, confiar no nosso governo e na vacinação. Vamos vencer essa batalha todos juntos”.

Pontos de vacinação - 25 a 29 de janeiro, “Postão” para profissionais da Saúde das 8h às 17h, segunda e sexta-feira, e das 8h às 22h, terça, quarta e quinta-feira. E 30 de janeiro das 8h às 17h, sábado na escola Stélio Machado Loureiro, que na Rua General Osório, 915, Centro. “Vamos vacinar os demais profissionais como os de Farmácias e Clínicas. Esse pessoal vai se deslocar do seu estabelecimento de trabalho e ir até o “Postão”. Vamos montar quatro salas, quatro equipes para vacinar. Não precisa ter corrida para serem vacinadas. Podem se distribuírem ao longo do dia, e depois do seu horário comercial. Além disso, a escola é grande. Na medida do possível contamos com a compreensão de todos”, enfatizou Silvéria.

Os locais que receberão vacinação in loco serão o Hospital Municipal, Hospital Estadual, Hospital Unimed, UPA, Hemocentro - Profissionais da Ambulância, Unidades de Saúde, Farmácia Municipal, CAPS - Secretaria de Saúde, ARE, IBENE, Fundação Abílio Alves Marques e CEREST. “Temos 3 mil profissionais da Saúde. Essa é a nossa prioridade no momento. Nesse momento vamos priorizar UPA, UTI, “Gripário”, o pessoal que está em locais de maior risco. Pedimos para o pessoal não fazer uma corrida pela vacina. Todos serão vacinados. Nos Hospitais vamos chamando por departamentos”.

Próximo grupo - “No primeiro momento vacinaremos os idosos que estão nas instituições de longa permanência, conhecidas popularmente como asilos. Vamos vacinar esses cuidadores, técnicos de enfermagem e enfermeiros que trabalham nessas instituições, e esses idosos. Os idosos serão vacinados por faixa etária. Estamos programando para que seja a partir de 8 e fevereiro, provavelmente os maiores de 75 anos. 15 de fevereiro de 70 a 74 anos, 22 de fevereiro 65 a 69 anos. E até primeiro de março, a gente conclui com 60 a 64 anos. Essa divisão se dá até para evitar essa aglomeração. Aproximadamente 12 mil doses. Em outro momento voltamos a falar como vai ser essa campanha do idoso. Nesse momento o foco é para o profissional de Saúde”, finalizou a secretária.

 

FCTV Web

Clima Bebedouro