Desde que surgiu a pandemia, o MMFDH (Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, em parceria com o CNM (Conselho Nacional dos Municípios), divulgou uma carta de recomendações aos prefeitos e gestores municipais sobre o funcionamento dos conselhos tutelares de todo o país.

O objetivo foi esclarecer o posicionamento da SNDCA (Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente) acerca do trabalho desenvolvido por esses órgãos em todo o território nacional nesse momento de calamidade pública.

Abuso de vulnerável, sendo que em 2020, chegou ao conhecimento do Conselho Tutelar aproximadamente 100 casos. Negligência em relação ao acompanhamento educacional em sistema on-line, chegando em muitos casos ao abandono intelectual. Assim como comportamento/disciplina estão entre os principais atendimentos desde que surgiu a pandemia. No ano passado houve 3.270 denúncias, e no 1° semestre de 2021, 800 denúncias, além das orientações de acordo com a particularidade de cada caso.

O atendimento é das 8h às 18h de segunda a sexta-feira. Telefones 3343-3380 e 3343-3412, ambos 17. A partir das 18h, finais de semana e feriados, os atendimentos são realizados, por conselheiros de plantão. Leia mais na Folha da Cidade

Em razão da pandemia ficou inviável a realização de eventos presenciais na causa da pessoa com deficiência. Inclusive, hoje (14) é o Dia Municipal de Luta das Pessoas com Deficiência. Ocasião em que conversamos com Onivaldo Cunha, presidente do Condef, Conselho dos Deficientes de Bebedouro, e Leandro Lauriano, coordenador da Coordenadoria Executiva de Acessibilidade.

Cunha afirmou que atualmente, o Condef possui em seu cronograma uma série de eventos que deveriam ser realizados. “Em virtude da pandemia que assola o país e que na qual tivemos restrições que estão sendo liberadas nesse 2º semestre de 2021 tivemos que rever a programação desses eventos, na data de hoje 14/08 deveríamos estar promovendo o Dia Municipal de Luta das Pessoas com Deficiência, mas pelos motivos expostos não houve tempo hábil para organizar um evento para esta data”, comentou o presidente. Leia mais na Folha da Cidade

Conforme a permissão do decreto atual, modalidades para as pessoas com deficiência retornaram. Ocasião em que apenas o basquete voltou com os treinos na Etec aos sábados das 8h às 11h.

Onivaldo Cunha, atleta do Instituto Estrela no time de basquete falou do assunto. “Com a liberação das restrições do Covid-19 estamos nos organizando visando o retorno nos treinamentos da natação e atletismo. O basquete já retornou suas atividades em virtude de sua estrutura e parceria com a Escola ETEC “Idio Zucci. Com o retorno das atividades do basquete, inclusive das equipes regionais, já estamos nos reunindo com os diretores dessas equipes visando promover algum torneio ou jogos amistosos para este ano. Convidamos a população a estar nos visitando e participando de nossos treinamentos, inclusive jogando basquete e sentindo como é estar em uma cadeira de rodas”. Leia mais na Folha da Cidade

Na quinta-feira (12), a PM foi acionada para atendimento de ocorrência de agressão com faca. O fato vitimou Ricardo Bessa Carnassa, 42 anos. Ao deslocar até o local dos fatos na residência localizada pela Rua Brandão Veras, a equipe se deparou com a Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros pela Avenida Pedro Paschoal defronte ao Terminal Rodoviário, onde estavam realizando o socorro da vítima, que foi trazido pelo seu vizinho Márcio, que encontrou os bombeiros e pediu socorro. Leia mais na Folha da Cidade

 

Apesar da divulgação com antecedência das vacinas que ocorreram nessa semana. O ritmo em comparações há algumas cidades do estado continua sendo alvo de reclamação para muitos munícipes que acompanham o ranking estadual, e entendem que poderia ser mais ágil em Bebedouro.

Conforme informações do Estado, no Ranking da vacinação no Estado, Bebedouro ocupa o 323° lugar, Barretos, 107°; Altair, 612°; Cajobi, 517°; e Colina, 302°. Bebedouro na semana passada chegou a ocupar a 276ª posição. 

Também no Estado, Ranking de aplicação das doses distribuídas, Bebedouro, 465°; Barretos, 504°; Altair, 530°; Cajobi 582°; e Colina, 355°. Na semana passada, Bebedouro estava na 524ª posição. Até o fechamento dessa não foi divulgado o calendário da semana que entra. Confira a projeção do Estado para outros públicos. Leia mais na Folha da Cidade

Durante a pandemia da Covid-19, pacientes acabaram não comparecendo em consultórios e emergências, o que pode acarretar muitos riscos no agravamento das doenças cardiovasculares e até mesmo levar a quadros irreversíveis, segundo afirmou a cardiologista Cristiane Giglio de Carvalho.

A especialista em Clínica Medica e Cardiologia Clínica, afirmou que a cardiopatia pode agravar a Covid. E falou como fica o coração após a infecção. A médica pediu cuidado com as notícias falsas ao considerar a saúde como um assunto sério, sendo necessário verificar a procedência da fonte, e procurar ajuda de um profissional adequado. Enfatizou que quem tem uma doença crônica pode viver com qualidade de vida e evitar que a doença de base se complique, no qual é necessário contar com o acompanhamento médico, no sentido de decidir o ajuste ou suspensão no uso de medicações. Ao entender que mesmo em tempos de pandemia, manter o acompanhamento médico é uma atitude de amor à saúde e respeito ao corpo.

Ainda lembrou que as doenças cardiovasculares são alterações que atingem o coração e os vasos sanguíneos. Ao representar uma das maiores causas de mortes em todo o mundo. E que na maioria das vezes se dá em razão de hábitos de vida não saudáveis como tabagismo, estresse, má alimentação e falta de exercícios físicos. Leia mais na Folha da Cidade

 

Segundo o Governo Estadual, a vacinação de adolescentes que seria iniciada em 23 de agosto foi antecipada para o dia 18. Além da divergência entre Estado e Federação, o que pode comprometer o atraso da distribuição. Outro motivo de desconfiança em parte da população de Bebedouro é o atraso no ranking, no qual considera-se o ritmo lento em comparação a outros municípios e a própria falta de plantão em feriados e finais de semana.

No calendário atual consta, 18 a 29 de agosto, serão vacinados adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas; 30 de agosto a 5 de setembro serão vacinados os adolescentes de 15 a 17 anos; Dia 6 a 12 de setembro serão imunizados os adolescentes de 12 a 14 anos. 

81% da população adulta já recebeu ao menos uma dose no Estado de São Paulo, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde. Até o momento está apenas confirmada a 2ª dose em Bebedouro para quem tem 60 anos, 8h às 12h, e 36 anos das 16h às 20h. Ambos na segunda-feira (9) na Antiga Feccib.

A Secretaria Municipal de Saúde apenas divulga data, hora e idade, assim que tem a garantia da chegada da vacina no município. Ou seja, até o fechamento dessa edição não foi divulgada a idade de quem vai ser imunizado pela primeira vez. “Toda a população adulta de SP estará vacinada com pelo menos uma dose até o dia 16 de agosto”, informou a Secretaria Estadual de Saúde.

O cadastro para evitar filas. Dá para fazer pelo site www.vacinaja.sp.gov.br ou WhatsApp, 11-95220-2923. Segundo a projeção do Estado, 25 a 27 anos; em dias distintos devem ser imunizadas pela primeira vez. “A 1ª dose não garante proteção contra a Covid-19. É imprescindível completar com a 2ª dose, não importa qual seja a idade ou o laboratório”, concluiu Silvéria Laredo, secretária municipal de Saúde.

Dados - Esclarecemos que entre o andamento e término da edição até e a chegada dos exemplares nas bancas, os dados mudam em virtude da atualização diária. Bebedouro faz parte da DRS (Departamento Regional de Saúde) 5, Barretos. Além dessas duas cidades, as demais que compõem são Altair, Cajobi, Colina, Colômbia, Guaíra, Guaraci, Monte Azul Paulista, Jaborandi, Olímpia, Severínia, Taiaçu, Taiúva, Taquaral, Terra Roxa, Viradouro e Vista Alegre do Alto.

Números atualizados até 18h de quinta-feira. Além de Bebedouro e Barretos, selecionamos mais três cidades. Interessados em conferir os dados, e tirar as suas próprias conclusões. Acessar www.vacinaja.sp.gov.br, clicar em Acompanhe a vacinação por município.

Ranking da vacinação (Estado)

Bebedouro = 276°

Barretos = 87°

Guaíra = 310°

Olímpia = 129°

Jaborandi = 407°

Ranking de aplicação das doses distribuídas (Estado)

Bebedouro = 524°

Barretos = 460°

Guaíra = 401°

Olímpia = 152°

Jaborandi = 169°

 

Após solicitação da nossa reportagem, o DME (Departamento Municipal de Esportes) publicou as datas, horários e locais das modalidades definidas até o fechamento dessa edição. Sendo que as demais estão no planejamento, na qual devem ser divulgadas assim que houver definição.

Mais informações podem ser obtidas pelo 3342-1044. Decreto municipal permite a volta das atividades coletivas, conforme determina o Plano São Paulo. O diretor Lucio Mauro dos Santos falou do assunto. “Nosso plano é resgatar atividade física na nossa cidade. Seja nos Centros Sociais, escolas, distritos, Sambódromo e na própria Feccib. Vamos além de proporcionar atividade física, e estudar muito aquilo que podemos estar melhorando. Estamos aproveitando a pandemia para melhorar os espaços físicos. E com isso as atividades sejam implantadas depois. Conforme o governo e o próprio município for liberando através das fases. A gente vai soltando os calendários gradativamente”, observou o diretor ao afirmar que as medidas preventivas serão tomadas. Leia mais na Folha da Cidade

O prefeito Lucas Seren foi à São Paulo na terça-feira (3) para solicitar a inserção de Bebedouro no projeto Vale Gás, um benefício de R$ 300,00 do governo do Estado, pago em três parcelas bimensais de R$ 100,00, sendo 700 famílias a serem contempladas.

O programa promove a transferência de renda para compra de botijão de gás de cozinha (GLP 13kg) às famílias pré-selecionadas na pobreza e extrema pobreza, com renda mensal pré-selecionadas per capita de até R$ 178, inscritas no CadÚnico e que não recebem o Bolsa Família. “É mais uma conquista importante na área social. Agradeço o comprometimento do governo por entender que muitos moradores não moram em comunidades, mas passam por grandes dificuldades. Só tenho a agradecer mais uma vez a parceria com o vice-governador Rodrigo Garcia e sua equipe”, diz o prefeito.  

No lançamento, o programa priorizava as famílias que residiam em comunidades e favelas, locais de pouca infraestrutura e de alto risco. Agora, todas as famílias que atenderem aos critérios terão acesso ao voucher para o saque direto nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil ou 24 horas.  

Para saber se tem direito ao benefício, basta acessar o site oficial do programa Bolsa do Povo, www.bolsadopovo.sp.gov.br, e fazer a consulta utilizando o número NIS da família. Em caso de dúvidas pode ligar gratuitamente para a Central de Atendimento Bolsa do Povo: 0800 7979 800. O programa também disponibiliza o assistente virtual do Bolsa do Povo via Whatsapp, pelo número 11-98714-2645, para orientações aos usuários.  

O Governo Estadual não liga ou envia mensagens de texto para solicitar informações de dados pessoais e nem para ativação de links de participação e/ou acesso a programas e serviços públicos oferecidos aos cidadãos.  No município, dúvidas e informações podem ser esclarecidas e solicitadas para o Cram, 3343-6157; Cras Leste, 3343-8295; Cras Norte, 3342-1254; Cras Sul, 3343-2136; e Creas, 3345-4168.  

Na terça-feira (3), o recapeamento se concentrou na Rua Augusto Garibaldi, no Residencial Bebedouro. A obra é fruto de uma emenda parlamentar do deputado federal, Geninho Zuliani, intermediada pelo vereador Jorge Cardoso, ambos DEM.

A abertura do crédito aprovado na Câmara, é de R$ 477.500,00. Ao todo serão recuperados 13 mil metros nos principais trechos das ruas Antônio Tonelli, no Residencial Bebedouro, Olívio Bochette e Josué Mendes da Silva, no Jardim Canadá. Está previsto para serem liberados R$ 3,5 milhões para o recapeamento de várias ruas e avenidas da cidade, sendo R$ 2 milhões de uma emenda parlamentar de Geninho; e R$ 1,5 milhão do governo do Estado. As obras devem começar no final do ano e irão melhorar a mobilidade urbana, trazendo mais segurança aos motoristas e pedestres. Leia mais na Folha da Cidade

FCTV Web

Clima Bebedouro
Block [footer] not found!