Cidade lamenta perda de escritor

Em razão de complicações na saúde, Augusto Aparecido Hernandes Aguiar faleceu no domingo (21) aos 67 de idade. O corpo esteve no Velório Municipal e foi enterrado no Cemitério São João Batista na segunda-feira (22).

Ele foi colunista na Folha da Cidade entre 2016 e 2017. Além de respeito e gratidão, a Folha da Cidade externa seus sentimentos aos familiares e amigos. Natural de Bebedouro, era casado com Marinuci Aparecida Aguiar. Filho de Aparecido Bastos de Aguiar e Clara Hernandes Aguiar. Residia no Jardim Ciranda. Em razão da comoção, o fato repercutiu na cidade e nas redes sociais. 

Ele deixa os filhos Antonio Fernando, Antonio Augusto e Priscila. Interessados em conhecer mais as suas obras podem acessar https://m-cultural.blogspot.com. “É com muito pesar que informamos que o poeta, cronista e escritor bebedourense, Augusto Aparecido Hernandes Aguiar, carinhosamente, Augusto Aguiar, veio a falecer no início da noite de domingo. Aposentou-se no Correio, onde fez brilhante carreira, chegando a gerente da agência de Bebedouro. Augusto foi um verdadeiro guerreiro, lutou como poucos com suas enfermidades, até brincava com suas adversidades e saúde, deixando os familiares e amigos sempre acalentados. Uma grande perda. Descanse em paz, guerreiro e poeta. Deixamos aqui nossa profunda consideração e sentimentos aos familiares e amigos”, comentou Ricardo Costa, responsável pela Coluna Bebedouro em Foco. 

FCTV Web

Clima Bebedouro