A entrevista

“O cão é a virtude que, não podendo fazer-se homem, fez-se animal”. (Victor Hugo)

 

Volta da escola – A aluna da sétima série, chegando a casa disse: Maiê! Tenho um desafio e não sei bem o que fazer. Calma filha! Vamos conversar. Afinal o que a preocupa?

 

Lição de casa - Então mãe, o professor pediu para que fizéssemos uma entrevista bastante criativa e com imaginação. Vou te dar uma ideia filha, você não precisa entrevistar pessoas. Por que você não entrevista coisas? Uma árvore, uma rosa, uma formiga, abelha, borboleta... E a filha interrompeu: Já sei! Vou entrevistar o meu cachorro Pitoco. Excelente filha vai em frente!

 

A entrevista - Pitoco vem aqui. Quero falar com você. Quem é você? Eu sou Pitoco. Meu porte físico é médio, tenho sete anos e sou solteiro. Meus pelos são pretos, minha mãe chama-se Cacau e meu pai Bradoque. Tive nove irmãozinhos, todos esfomeados para sugar o precioso leitinho. Mamãe foi zelosa e cuidava de nós. Moro com minha mãe e ela foi castrada. Tenho uma namorada. Na verdade estou apaixonado pela Fany, uma linda cachorrinha da casa em frente. Ela, vez ou outra, me vê e fica uivando no portão. Meu coração dispara e eu uivo também. Ai Fany se eu te pego... Mas o dono dela não libera legal e eu fico só na esperança...

 

A conversa continua – E aí Pitoco, diga o que é importante pra você ser feliz? Ah, é fácil, disse o cãozinho. E começou a falar assim.

1- Dá-me frequentemente de comer e beber, mas não exagere, porque se eu ficar muito gordo poderei adoecer.

2- Cuida de mim. Eu vivo no chão e não costumo olhar onde eu deito, então, gosto quando passam suavemente uma escova para limpar meus pelos. 

3- Quando eu recusar algum alimento, não me force, pode ser que eu tenha algum mal que me impeça de comer.

4- Fala-me quando eu fizer coisa errada. Eu te entendo viu! Não precisa me bater, eu também tenho sentimentos.

5- Não reclames do meu cheiro. Eu cheiro cachorro porque é minha natureza. Por acaso querias que eu cheirasse elefante?

6- Acaricia-me em todos os momentos. Eu gosto de sentir que sou amado. Gosto também muito de passear. E, de vez em quando, tomar um banhinho.

7- Não corte o meu rabinho. Deus não o fez por acaso e sim para me dar equilíbrio nas correrias pelo quintal.

8- Quando eu desobedecer, não precisa me agredir. Basta me ensinar batendo com um jornal no chão. Ele faz barulho e eu entendo a sua ordem.

9- Eu estou acostumado com as pessoas de casa e se aparecer algo estranho, eu fico assustado e começo a latir.

10- Tenho muita sede e gosto de água limpinha e fresquinha. Fico muito amedrontado quando soltam bombas ou ouço trovão.

11-  Retirem do meu quintal pedaços de vidro, pregos, espinhos, pois ao correr atrás de gatinhos eu posso ferir-me.

12- Mantenha a minha casinha e panos de dormir sempre bem higienizados. Coloquem-os no sol, assim as pulgas e bactérias não vão me perturbar.

13- Quando eu ficar doentinho, consulte um médico veterinário. Dê-me remédios, e tenha paciência comigo. Eu logo fico bom.

14- Quando eu rosnar é porque não estou gostando de alguma coisa. Por favor, não insista, respeite o meu jeito de ser.

15- E finalmente, quando a velhice me tornar um cão parado, tristão, manquitola, pouco ativo, tenha paciência comigo e lembre-se, o tempo passou para mim, vai passar para você também.

 

Fim da entrevista – Valeu querido Pitoco! Parabéns pela lealdade que os cães teem ao seu dono. Só não sei se são os cães que precisam da gente ou se somos nós que precisamos dos cães... 

 

Reflexão – Nunca te arrependas por ter dedicado o melhor do teu tempo, respeito, carinho e atenção ao teu cãozinho amigo. O cão bem ensinado reflete o amor do seu dono e respeita às pessoas. Há um forte laço invisível a prender o ser humano ao seu animalzinho. Podemos afirmar que são os melhores amigos do homem: o cão, o cavalo, o gato. Eles nunca se cansam de estar juntos. Que exemplo de convívio não! Tenha um cãozinho!

 

Nota: “Os bichos são nossos iguais” (Peter Singer). Temos mais semelhanças com os bichos do mar, do céu e da terra, do que diferenças. Isso em vez de nos diminuir, só nos engrandece.

 

FCTV Web

Clima Bebedouro
Block [footer] not found!