Asas do saber

“Utilize os talentos que tiver. Haveria silêncio nos bosques
se só os pássaros que cantam bem, cantassem”. (Henry Van Dyke)

Jorge, o amado – Assim que deveríamos denominar o escritor Jorge Amado que nasceu na Bahia. Vinte e cinco bons livros fazem esse autor brasileiro ser o mais lido e traduzido em todo o mundo. Ele é considerado o romancista do amor. Amor dos ricos, pobres, operários. Muitos de seus romances foram transportados para a linguagem do cinema e da TV. Suas obras mais importantes: Seara Vermelha, Terra sem-fim; Gabriela, cravo e canela; Dona Flor e seus dois maridos; Tieta do Agreste.

Rachel de Queiroz – Foi professora primária, realizou o (Curso Normal) em Fortaleza, local de nascimento. Escrevia para vários jornais e revistas com temas sociais, principalmente, ligados ao nordeste do país, focando o flagelo da seca. Sua temática tinha como alvo analisar a mulher na sociedade moderna com seus conceitos morais e uma tradição arcaica. Seus livros: O quinze; João Miguel; Caminho de pedra; As três Marias. Seus escritos mostram nitidamente uma escala de valores dando relevância ao amor, a concepção, o nascimento, o destino de crianças, e o casamento como um fato social.

Guimarães Rosa – Médico e escritor mineiro autor de contos, novelas e romances: Sagarana; Corpo de baile; e outros. No romance Grande sertão veredas elediz: “E, alma, o que é? Alma é muito mais do que se pensa: Ah! Alma absoluta! Como não ter Deus? Com Deus existindo tudo dá esperança: sempre um milagre é possível, o mundo se resolve. Amigo, para mim, é só isto: é a pessoa com quem a gente gosta de conversar, de igual para o igual, desarmado. Aqui digo: que se teme por amor, mas que, por amor, também, é que a coragem se faz. O que os meus olhos não estão vendo hoje, pode ser o que vou ter de sofrer no dia depois de amanhã”.

Clarice Lispector – Nasceu na Ucrânia (URSS). Viveu no Recife depois veio morar no Rio de Janeiro. Cursou Faculdadede Direito. Seu primeiro romance: “Perto do coração selvagem”. Viveu nos Estados Unidos. Escreveu nove livros, entre eles: O livro dos prazeres; Um sopro de vida. No livro, “A hora da estrela” ela diz: “Em um mundo de aparências, e o reconhecimento do homem em sua fragilidade, nos faz crer que somos todos iguais por debaixo das máscaras, mas que se deve viver apesar de... Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer, inclusive muitas vezes... É o próprio apesar de que nos empurra para a frente” E completaríamos, apesar de, nossa esperança jamais pode arrefecer...

João Cabral de Melo Neto – Natural de Recife. Gostava de ler desde criança, romance de cordel para gente humilde dos canaviais. Exerceu carreira diplomática em Barcelona, Londres, Sevilha, Marselha, GenebraDacar. O seu poema dramático, Morte e vida de Severina foi encenado como espetáculo musicado por Chico Buarque, o que projetou João Cabral, internacionalmente. Ocupou uma cadeira na Academia Brasileira de Letras. Escreveu doze bons livros. Em “Morte e vida de Severina”, diz ele: Somos Severinas, iguais em tudo na vida, morremos de morte igual, mesma morte Severina, que é a morte de que se morre de velhice antes dos trinta; de emboscada antes dos vinte; de fome um pouco por dia; de fraqueza e de doença é que a morte Severina ataca em qualquer idade, e até gente não nascida. Somos muitas Severinas, iguais em tudo na sina: a de abrandar estas terras secas, suando-se muito em cima, a tentar despertar terra sempre mais extinta, e querer arrancar algum roçado da cinza. Mas, para que me conheçam melhor e melhor possam seguir a história de minha vida, passo a ser Severina que em vossa presença emigra”.

Reflexão – Escrever é trabalho braçal. É o estímulo exterior que provoca e faz acontecer... O mundo muda a cada segundo. Seja escrevendo ou lendo não pode prevalecer o interesse mesquinho de uns, mas, a realidade e coerência de todos. Mudança comportamental é uma realidade forte e firme. Não é um ato isolado, é um processo contínuo que começa um dia e não termina nunca.
E o que boas leituras teem a ver com isso? Leia livros, jornais revistas... Leia até bula de remédio, mas leia e muito. Deus se agrada quando se busca o verdadeiro significado da vida.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

FCTV Web

Clima Bebedouro
Block [footer] not found!