A disseminação da pandemia do Coronavírus também impacta no cenário animal. Sendo que dúvidas na transmissão do vírus são comuns. A veterinária Isabela Dinardi falou do assunto a nossa reportagem. Fique atento as diferenças. 

Ela afirmou que cães e gatos podem contrair um coronavírus próprio de suas espécies. Sendo que o alphacoronavírus, que causa sintomas gastroentéricos, como diarreia e vômito em cães. Já nos gatos, o vírus transmite a peritonite infecciosa felina. No qual esses vírus nada têm a ver com a Covid-19, betacoronavírus, que ataca as vias respiratórias de seres humanos. 

Ainda disse que o coronavírus de cães e gatos não é transmitido para o ser humano. E que ora não há evidência de que pets estejam adoecendo pelo novo coronavírus nem que sejam capazes de propagar a doença. Leia mais na Folha da Cidade

O prefeito Fernando Galvão reuniu-se com os representantes do comércio local para definir novas diretrizes das atividades comerciais na cidade. A reunião foi realizada na segunda-feira (13), na Prefeitura.

Na ocasião, o prefeito enfatizou que as decisões foram tomadas de forma conjunta para que a economia do município comece a se recuperar, mas que a população não corra o risco de se contaminar com o Covid-19. “As medidas drásticas que tomamos como a suspensão das aulas, comércio e do transporte público, fechamento da rodoviária, geraram resultados positivos, desacelerando a proliferação do vírus. Porém, não podemos descuidar, e estamos mantendo os decretos anteriores e criando um atendimento externo para o comércio, através de novas orientações” afirmou o prefeito.

Participaram da reunião, representantes da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), ACIAB (Associação Comercial Industrial Agrícola Bebedouro), Sincomércio e Shopping, além do secretário de Desenvolvimento Econômico, Lucas Seren, e o diretor de Planejamento Rogerio Valverde. “Não é decreto, é apenas uma nova orientação, cuja decisão já vinha sendo estudada desde semana passada em conjunto com vários setores. Com essa nova orientação, o comércio deverá ser mantido com as portas fechadas, porém, poderá colocar bancos na entrada do estabelecimento pra receber crediários e venda de alguns produtos, desde que seja um cliente por vez com horário previamente agendado”, esclareceu Rogério.

Os estabelecimentos que desrespeitarem os Decretos Estaduais e Municipais editados com a finalidade de conter a proliferação do Covid-19 serão fiscalizados, autuados e lacrados, com a aplicação de sanções administrativas, sanitárias e penais, com comunicação do fato à autoridade policial competente e ao Ministério Público do Estado de São Paulo, consoante recomendações e determinações deste mesmo órgão.

As fiscalizações dos estabelecimentos iniciaram a nível de orientação, e podem ir desde uma cassação do Alvará de Funcionamento no caso de reincidência até a lacração. Sendo que o WhatsApp do Departamento de Planejamento está disponível para apenas esclarecer dúvidas e não fazer pedidos, sendo somente por mensagem de texto pelo 17-99246-3551. E denúncias pelo 153, Guarda Civil Municipal, de acordo com Rogério.

Ainda enfatizou que quem deseja protocolar algum pedido, os serviços de urgência executados pelo paço municipal podem ser realizados pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. As ações visam evitar aglomerações.

 

Novas orientações - As lojas permanecerão fechadas. Será permitido apenas o atendimento ao cliente através de um balcão externo e individual, sendo proibida a entrada do cliente na loja. Controle que será realizado pelo próprio estabelecimento.

Caso haja a necessidade de filas externas, será preciso que cada cliente permaneça a dois metros de distância um do outro. Sendo proibida a presença de crianças e idosos nestes locais. Os funcionários dos estabelecimentos serão obrigados a utilizarem máscaras e disponibilizarem álcool gel. “Essa flexibilização vai minimizar um pouco os prejuízos do Comércio. Não vai agradar a todos, mas é o início de termos um contato com nossos clientes, e após os resultados dia a dia, iremos ver se conseguimos mais opções”, ressaltou Antonio Rodrigues Sobrinho, “Foguinho”, presidente da CDL.

O Bebedouro Shopping disponibilizará um único balcão em espaço externo, disponível para todas as lojas do prédio.  Os bares e restaurantes só poderão atender com entregas à domicilio. Ou disponibilizarem um balcão externo para a retirada dos produtos. Sem mesas e cadeiras.

Salões de cabeleireiro, barbeiro e demais serviços estéticos como manicures e pedicures, poderão atender com as portas fechadas, individualmente e com horários agendados. Desde que mantenham todas as regras sanitárias. O Departamento de Planejamento, informa que durante o período de quarentena, definida pelo governo do Estado, é permitido que realizem seus atendimentos de forma agendada, individual, de portas fechadas, nas casas ou nos próprios estabelecimentos.

Rogério afirmou que essa medida é necessária para evitar a proliferação do novo Coronavírus. “Todos esses profissionais podem trabalhar, pois, não haverá problemas, caso respeitem todas as regras sanitárias e de higiene, funcionando com as portas fechadas, e atendendo seus clientes individualmente com hora marcada, não gerando filas e aglomerações. Os estabelecimentos precisam manter máscara, álcool gel, luvas e todos os EPIs para garantir a proteção de todos”.

 

Feira Livre - Em razão da pandemia, a Feira será no Sambódromo, a partir das 6h de amanhã em sistema drive thru. Sendo que todas as barracas serão organizadas com espaços entre uma e outra.

A Feira que era realizada todos os domingos na Praça Valencio de Barros, em frente à Prefeitura, está suspensa com o objetivo de evitar aglomerações devido a proliferação do Covid-19. Portanto, dentro de um novo local e formato só poderá ser acessado por veículos.

O diretor de Planejamento esclareceu que a mudança de local é necessária para se adequar ao novo método de compras, possibilitando que as pessoas não fiquem sem os alimentos, mas também não permaneçam no local criando aglomerações. “A quarentena tem como objetivo salvar vidas, sendo esse novo método de compra, uma oportunidade para que a economia da cidade não seja prejudicada, e a saúde das pessoas seja preservada”, observou o diretor. 

O prefeito diz que essa inovação possibilitará que o pequeno produtor possa vender, minimizando prejuízos. “Esse é o momento de prestigiarmos os bebedourenses, e especialmente o pequeno produtor rural. Visando a saúde de todos, reforçamos nossa parceria com vários colaboradores e parceiros que nos ajudaram na proteção e desinfeção do local”, salientou o prefeito.

Feirantes residentes em de Bebedouro e que fazem parte da Feira Livre, realizada aos domingos, puderam e poderão entrar em contato pelos telefones 17-3345-9122 e 17-99246-3551. 

 

Tecnologia - A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, informou que já está disponível a plataforma eletrônica para que a população tenha acesso aos produtos oferecidos pelo comércio local sem sair de casa.

Lucas Seren disse que utilizando essa ferramenta os consumidores não somente terão produtos de qualidade, mas também ajudarão as empresas da cidade a enfrentarem a crise causada pela necessidade do isolamento devido ao novo Coronavírus. “Nesse momento de grandes dificuldades, é muito importante que a população tenha a consciência que fazemos parte de um todo. Comprando de forma online no comércio local, especialmente nas pequenas e microempresas, será possível manter o emprego de muitos, e manter a economia da cidade funcionando”, finalizou o secretário.

Para utilizar a plataforma basta acessar o site valorizeopequeno.com.br/bebedouro. A iniciativa é fruto de uma parceria da Prefeitura com o Sebrae e a startup Bruto Valley. “Vai divulgar e ajudar o pequeno e microempreendedor que não tem acesso a essa tecnologia e nem sabe como vender o seu produto. A pessoa entra no site e cadastra o seu negócio, e o cliente vai poder entrar através do aplicativo ou próprio site, e ver todas as empresas que estão disponíveis. É auxiliar esse grupo que está mais vulnerável financeiramente”.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que até antes do fechamento dessa edição, o município conta com 13 casos positivos de Covid-19. Dos 99 casos notificados na cidade, 56 já foram descartados, sendo que os 30 suspeitos ainda aguardam os resultados dos exames.

Entre os casos confirmados, três pacientes estão internados na UTI da Unimed, considerados casos graves. E três na enfermaria. E um está internado na enfermaria do Hospital Municipal Júlia Pinto Caldeira. Sendo que nem todos os casos confirmados precisam ficar internados. Os demais pacientes estão em isolamento domiciliar. Passaram por atendimento médico e estão sendo acompanhados. Existem casos mais leves da doença.

A Vigilância Epidemiológica de Bebedouro esclareceu que o resultado do exame solicitado de Covid-19, referente ao óbito de uma menina de 13 anos, foi negativo. A investigação prossegue para averiguar outras causas. O município continua com nenhum óbito por Covid-19 até o fechamento dessa edição.

Durante a semana chegou ao conhecimento da Folha da Cidade, que muitas pessoas na cidade alegaram que não há EPI, máscaras, álcool gel, luvas, sabão e jalecos. E que não estão querendo buscar pacientes com a ambulância. A nossa reportagem procurou a Unimed, e não teve retorno até o fechamento dessa edição.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), atende em média 20 pacientes diariamente. Ainda enfatizou que as máscaras de tecidos não são recomendadas para a utilização dos profissionais da saúde. “Esses profissionais só podem utilizar máscaras cirúrgicas ou máscaras n95. No entanto essas máscaras de tecido podem ser utilizadas em outros setores públicos”, comentou a Secretaria. “Temos EPI s e álcool gel. Temos com controle para não faltar para ninguém”, disse a secretária Sonia Junqueira. 

O governador João Dória em coletiva no Palácio dos Bandeirantes citou as 20 cidades que se destacaram pelo isolamento social no Estado de São Paulo com dados até terça-feira (14), e entre elas consta Bebedouro. “Cumprimento essas cidades que tem atendido a orientação médica e da Saúde para permanecer em casa”.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o novo coronavírus causou a morte de 853 pessoas no estado até o fechamento dessa edição. 11.568 é o número de casos confirmados. Ainda segundo a Secretaria Estadual, às vítimas fatais predominam na faixa etária com pacientes de 60 anos ou mais, o que corresponde a 79,3%. Os dados apontam que estão internadas no estado entre enfermarias e UTIs, 2.379 pessoas devido ao Covid-19, no qual uma média de 100 internações por dia.  

O Coronavírus causa problemas respiratórios semelhantes à gripe e sintomas como tosse, febre, e em casos mais graves, dificuldade para respirar. Como prevenção, lave as mãos com frequência e evite tocar o rosto e ter contato próximo (um metro de distância) com pessoas que não estejam bem.

Na questão da transmissão, a principal forma de contágio do novo coronavírus é o contato com uma pessoa infectada, que transmite o vírus por meio de tosse e espirros. Ele também se propaga quando a pessoa toca em uma superfície ou objeto contaminado e depois nos olhos, nariz ou boca.

A Vigilância Epidemiológica realizou na quarta-feira (15), a vacinação contra o vírus H1N1, em sistema drive-thru. A imunização destinada aos idosos, cuidadores e profissionais da Saúde foi feita no Sambódromo.

Para receber a imunização foi necessário que o público alvo apresentasse um documento de identificação. Mais informações poderão ser obtidas pelo 17-3342-8632, ou em qualquer ESF (Estratégia de Saúde da Família). Na quinta-feira (16), a segunda etapa da vacinação contra o H1N1 foi iniciada. Estão sendo imunizadas nas áreas externas de todas as ESFs das 7h às 17h, pessoas com diabetes, hipertensão, entre outras doenças, caminhoneiros, membros das forças de segurança, motoristas e cobradores de transporte coletivo para evitar aglomerações. Leia mais na Folha da Cidade

Apesar das doações das 360 unidades para a Limpeza Pública na Garagem Municipal, percebe-se a falta de adesão por parte de alguns coletores, sendo que nessa semana alguns foram flagrados sem o uso de máscara durante a coleta. O fato repercutiu nas redes sociais, sendo que tivemos acesso as fotos, conforme ilustradas na presente matéria

Procuramos a Garagem Municipal, que se manifestou por meio do diretor Luiz Carlos dos Santos. Esclarecemos que não temos a finalidade de prejudicar coletores ou quem quer que seja. O nosso objetivo é apenas informar a situação, seja ela qual for, conforme vamos obtendo resposta. “Estamos conversando com o RH e a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) para que seja elaborado um documento em que os funcionários da Coleta sejam notificados por escrito sobre a obrigatoriedade dos EPIS. Já que muitos não estão levando a sério a necessidade dos mesmos”, enfatizou o diretor. Leia mais na Folha da Cidade

Em patrulhamento com a Rocam, a Policia Militar esteve na segunda-feira (13) pela Rua da Fé no Jardim Santo Antonio. Ocasião em que após informações de um indivíduo traficando em sua residência, a equipe deslocou-se, e o encontrou sozinho.

Ao ser informado sobre a denúncia, ele alegou que não procedia, e autorizou a entrada dos militares em sua casa. Participaram o sargento Dalton, cabo Nilmar, soldado Martins, cabo Pires, soldado Marqui, tenente Fávero, soldado Isidio, cabos Ederson e Joaquim, e os cães Luma e Dag. Além de um aparelho celular apreendido. Após contagem foi verificado 8.060 eppendorfs de cocaína, peso de 12.040 kg, Sendo R$ 10,00 cada eppendorf, no qual o traficante deixou de arrecadar R$ 80.600,00. Leia mais na Folha da Cidade

Após ser acionada pelo Plantão do Hospital Municipal na noite de segunda-feira (6), a Vigilância Epidemiológica soube de uma menina de 13 anos com insuficiência respiratória aguda grave, na qual o óbito suspeito consiste em Covid-19.

A coleta de material foi feita depois da solicitação do médico plantonista. “Se é realmente Covid ou não. Vamos aguardar o resultado do laboratório conveniado. Esperamos que o resultado saia entre cinco e seis dias. A partir do momento em que temos um óbito suspeito temos 24h para notificar. Não estamos expondo população em velório. Nesse momento o Ministério determinou que não tem mais SVO, Serviço de Verificação de Óbitos, que são os casos em que a pessoa morre e não sabe do que morre, encaminhávamos para o SVO para fechar o diagnóstico através de exames. O Ministério bloqueou esse serviço. Não temo como encaminharmos óbito para o SVO. Qualquer suspeita será conduzida dessa forma”, explicou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Thaís Teixeira a nossa reportagem após a Coletiva de Imprensa na terça-feira (7) pelo Bebedouro Clube.

Para prevenir o contágio indica-se lavar as mãos com água e sabão e usar álcool em gel; cobrir nariz e boca ao espirrar e tossir; evitar aglomerações; manter os ambientes bem ventilados; e não compartilhar objetos pessoais.  70 casos suspeitos, sendo cinco casos confirmados e 17 descartados foram os números apresentados até o fechamento dessa edição no começo da tarde de quinta-feira (9). Sendo que os dados abrangem o Hospital Municipal Julia Pinto Caldeira, e as duas unidades da Unimed. No qual Saúde Pública e Privada divulgam os casos juntos, conforme ressaltou o prefeito Fernando Galvão. “De casos suspeitos quando iniciamos a coleta de material em nossa cidade foram três em 17 de março. Depois de três semanas chegamos a 70. Casos suspeitos não são casos confirmados, mas são indicativos claros dos sintomas de coronavírus e do crescimento exponencial que aconteceu nas últimas três semanas. Sinal que o vírus está circulando pela cidade. A Saúde acompanha os casos e determina o isolamento das pessoas em suas residências para aguardarem os resultados e as contraprovas”, comentou o prefeito.    

O Decreto 14.072, de 07 de abril de 2020 disciplina medidas a serem adotadas pela Administração Pública Municipal Direta e Indireta, na qual o prefeito declarou Estado de Calamidade Pública, sendo que a quarentena foi prorrogada até o próximo dia 22. Dentre algumas medidas constam corte dos subsídios do prefeito e vice-prefeito na ordem de 30%, e a suspensão por prazo indeterminado, de férias e licença-prêmio deferidas ou programadas dos servidores das áreas de Saúde, Segurança, Defesa Civil e do Serviço de Velório e Cemitério.

O presidente da Unimed Bebedouro Caio Simões participou do evento. “Conversei com o prefeito para que fosse estabelecida uma conduta em conjunto para informar a população. Não existe receita de bolo. Nunca ninguém passou por isso. Estamos vivendo isso e se esforçando ao máximo. Não sabemos se o distanciamento social é a melhor solução e decisão. Temos que ter a responsabilidade de pensar no que é melhor para nós, família, amigos e população. No atual momento é nos afastarmos para que depois quando formos abraçar que não falte ninguém”.

Romulo Camelini, médico e vice-prefeito fez as suas observações. “O que acontece é que tudo é novidade. Já passamos por dengue e H1N1. Podemos falar de protocolos, mas ainda no meio científico ainda não temos armas que realmente são evidências que nos mostrem que são eficientes. Infelizmente não temos hoje. E a única coisa que temos no mundo todo é o isolamento social”.

Padre Anderson Carvalho, pároco da Matriz de Nossa Senhora Aparecida do programa de entrevistas “Sinta-se à Vontade”. Ocasião em que o pároco recebeu a nossa reportagem na Igreja, explanou a respeito da Páscoa e das atividades da Paróquia no período em questão.

Ele agradeceu a Folha da Cidade, sendo que retribuímos a nossa gratidão. A íntegra da entrevista pode ser conferida em nosso perfil no facebook, FCTV web. Devido ao Covid-19, a Igreja segue com transmissões online, por meio do facebook, conforme divulgamos constantemente. Sendo que a Paróquia em questão colocou fotos de famílias em alguns bancos. O padre sugere refletir e tirar coisas boas do cenário adverso da atualidade, entre elas o exercício da afetividade e espiritualidade para fortalecer e aprofundar os laços familiares. Leia mais na Folha da Cidade

Em Coletiva com a Imprensa para apresentar o cenário da Covid-19 em Bebedouro na tarde de terça-feira (7) no Bebedouro Clube. Representantes de supermercados, agências bancárias e lotéricas ficaram cientes das medidas estabelecidas do Decreto 14.073, que declara Estado de Calamidade Pública na cidade para o enfrentamento da pandemia decorrente do Coronavírus.  

O Decreto de 07 de abril de 2020, proíbe o ingresso de crianças nas dependências de supermercados e hipermercados devendo os referidos estabelecimentos fiscalizar o cumprimento desta medida, bem como redobrar os cuidados com limpeza e higiene. E obriga as instituições financeiras e lotéricas serão obrigadas a organizar filas externas com pintura de solo, na distância de dois metros entre pessoas, observando o limite de 10 pessoas na fila, impedindo a permanência de crianças na fila ou no interior da agência, devendo manter funcionários próprios na organização e logística.

Para o enfrentamento da calamidade pública, fica prorrogada a quarentena no Município até 22/04/2020, perdurando durante todo o período de quarentena, decretado em âmbito estadual, conforme Decreto Estadual 64.920, de 06 de abril de 2020. Leia mais na Folha da Cidade

Equipe em patrulhamento pela Rua Américo Santamaria em Pirangi no domingo (5), a Polícia Militar avistou um indivíduo ao lado de um ponto de venda de entorpecentes, já conhecido dos meios policiais, com uma motocicleta, o qual foi abordado e nada de ilícito foi localizado.  

Quanto a motocicleta constava baixa permanente de leilão, sendo tomada medidas administrativas, recolhendo ao pátio e liberando o indivíduo, retornando a equipe em patrulhamento, que após uma hora avistou novamente ele na Rua Cel. Francisco Jozzolino com Avenida Guido Gambuggi, onde demonstrou um certo nervosismo ao avistar a viatura. Ocasião em que foi abordado novamente. Sendo que na revista pessoal foi localizado duas porções de maconha no bolso da blusa, e no outro bolso R$ 15,00, e um aparelho celular.  Leia mais na Folha da Cidade

FCTV Web