Mais um suplente assumiu uma cadeira na Câmara na atual legislatura. Após Sensei (DEM) e Mirim Zola (PPS) entrarem respectivamente nos lugares de Lucas Seren (DEM) e Juliano Cesar (PMDB), que estão à frente dos Departamentos de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, e Esportes. Dessa vez, Silvio Delfino, eleito no PT, mas que está no PMDB substitui Freitas (PT), que fez cirurgia cardíaca, por três meses.

A posse de Silvio, que teve 622 votos em outubro de 2012 aconteceu na sessão ordinária de segunda-feira (13). Por se identificar com a natureza. Ele disse que tem um projeto de trabalhar no replantio na Praça do Jardim Talarico devido o local estar abandonado há muito tempo. Ainda afirmou que não quer ser situação e nem oposição durante a sua permanência.

A Policia Civil localizou e apreendeu em residência e um aposentado de 59 anos, no Jardim União, cinco espingardas de caça de calibres diversos, um silenciador para uso em espingardas, pólvora, boa quantidade de munição de calibres diversos, apetrechos para prática de caça e também nove armadilhas bélicas para caça e abate de animais silvestres.

O vereador Nasser (PV) indica ao prefito Fernando Galvão (DEM), e ao diretor de Saúde, Antonio Carlos Feltrin, que providenciem a substituição ou uma imediata reforma do ônibus que hoje atende aos pacientes transportados para tratamento médico ou odontológico em Barretos, já que o veículo utilizado apresenta várias irregularidades, como pneus careca e superlotação, bem como uma melhor adequação no horário de retorno, visando atender melhor aos que sofrem com os tratamentos, principalmente os mais idosos e debilitados.

Nasser comentou que tem recebido várias reclamações dos usuários do ônibus que serve aos pacientes para transporta-los para Barretos que passam por tratamentos médicos ou odontológicos. Ele afirmou que apesar do esforço e boa vontade dos motoristas, o risco é eminente.

Com chance de terminar a rodada na segunda colocação, e manter a chance de acesso a série A3 de 2016. A Internacional esteve em Bauru, na tarde de sábado (10), e levou 1 a 0 do Noroeste. Até então, o time bebedourense estava no terceiro lugar, e caiu duas posições na tabela. A equipe mandante estava em quarto, e subiu duas posições no grupo.

O duelo que aconteceu no Estádio Alfredo de Castilho foi válido pelo hexagonal do Campeonato Paulista da 2ª Divisão. Após assistência de Gustavo Henrique. Edson Negão balançou as redes de Vinicius aos 22 minutos da etapa complementar. Em confronto truncado não houve muitas chances de gol, sendo que somente no fim do primeiro tempo, o time da casa desperdiçou uma oportunidade em bola aérea. No qual boa parte da posse de bola foi do Lobo Vermelho.

A Folha da Cidade esteve na estrada que liga o Distrito de Turvínia a Monte Azul Paulista com o munícipe Evandro Pagoto, que procurou e acompanhou a nossa reportagem ao afirmar que o descaso do Poder Público com a mesma existe há 20 anos.

Ao contrário do trecho de Monte Azul Paulista. A parte da estrada em Turvínia não é asfaltada. Evandro contou que quando chove alaga. E que ninguém consegue sair da zona rural. E caso acontecer algum acidente ou alguma pessoa passar mal no sítio, e não tiver um trator pra arrastar o carro, a pessoa não consegue sair.

Ele ressaltou que a situação já existe há 20 anos. E que muita promessa de quem administrou a cidade nesse período não foi cumprida. Em comunicado a Prefeitura afirmou que a estrada é municipal, e pertence a Bebedouro e Monte Azul Paulista. E que em 2012, na gestão anterior, o DER (Departamento de Estradas e Rodagem) cancelou o convênio. E que o dinheiro não chegou a ser depositado na conta da Prefeitura. E que o Executivo está buscando um novo recurso para a concretização do projeto.

A decisão de cortar 25% do orçamento do Sistema S (SESI, SESC, SENAC, SEST, SENAI, SENAR e o SEBRAE) repercutiu negativamente em Bebedouro. O SESI, principal atingido com a medida, lotou o plenário da Câmara para protestar contra a medida. Faixas como “Juntos pelo Sistema S”, “Contra o corte do Sistema S” e “Somos todos S” foram exibidas no plenário por alunos, pais, professores e funcionários da unidade de ensino.

Encerrada a sessão ordinária, o presidente da Câmara, Beto Mazzeu (DEM) convocou uma sessão extraordinária para discutir a moção de repúdio à presidente DiIma Rousseff (PT) pela decisão de cortar parcela de contribuição de empresas ao Sistema S. A iniciativa da propositura foi da vereadora democrata Sebastiana Tavares (DEM).

Buscando somar três pontos para ficar entre os dois primeiros colocados, e garantir vaga para a série A3 de 2016. A Internacional recebeu o São Bernardo, no Estádio Sócrates Stamato, na manhã de domingo (4) em jogo equilibrado, que terminou empatado.

O prefeito Fernando Galvão anunciou na sexta-feira (02), a habilitação da UPA (Unidade de Pronto Atendimento). A Prefeitura lutava, desde 2013, para a habilitação do prédio, anexo ao Hospital Municipal, já que a obra da UPA foi envolvida em graves irregularidades envolvendo a administração passada, o que motivou o embargo do prédio pelo Ministério Público.

Após o processo burocrático, o Departamento de Saúde assinou, neste ano, a solicitação ao Ministério da Saúde. A habilitação foi publicada na portaria Portaria nº 1.639, no Diário Oficial da União. “É uma conquista história. São R$ 2,1 milhões de economia ao ano, que vão aliviar nossas despesas. Em época de crise é uma conquista fantástica.

Uma parceria com grandes redes de drogarias, que oferece descontos de até 90% em remédios poderá ser extinta em janeiro de 2016. Trata-se do “Aqui tem Farmácia Popular. No qual o Governo Federal anunciou recentemente um corte de R$ 3,8 bilhões na Saúde. 

Em relação ao “Aqui tem Farmácia Popular” apenas às 460 unidades próprias do governo, que distribuem remédios de graça, serão mantidas. Neste caso, o corte será de R$ 578 milhões. O programa foi criado em 2006 para a compra de remédios contra colesterol, Parkinson, diabetes, glaucoma e osteoporose, além de anticoncepcional.

O Ministério da Saúde afirma que o cenário não é definitivo, já que a proposta precisa ainda ser discutida e aprovada no Congresso Federal. A pasta trabalha ainda na recomposição de recursos do DPVAT (seguro obrigatório de veículos brasileiros) para os cofres da saúde. A discussão está sendo feita junto ao Ministério do Planejamento.

A Prefeitura de Bebedouro segue supervisionando as obras no Residencial Cidade Coração. Começou, na terça-feira (06), a segunda etapa da obra. Serão construídos mais 800 metros de rede de esgoto, implantados na avenida que margeia o antigo matadouro. Esta etapa deve durar 30 dias. Cerca de 200 casas já estão prontas

FCTV Web