Depoimentos

“Experiência não é o acontece com um homem.
É o que o homem faz com o que lhe acontece”. (Aldous Huxley)

 A palavra foi feita para iluminar, esclarecer. Depoimentos fortalecem melhor visão sobre a vida. Assim, reunimos aqui alguns depoimentos que representam dicas, índices, provas para um melhor entendimento da vida.

Como é a nossa era? - “Se você desejar uma descrição da nossa era, eis aqui uma: é a civilização dos meios sem os fins; opulenta em meios para alem de qualquer outra época, e quase para além das necessidades, mas esbanjando-os e utilizando-os mal porque não possui nenhum ideal soberano, ou seja, é um vasto corpo com uma alma vazia, ignorando o verdadeiro significado da vida”. (Livingstone, escritor inglês.)Mandou bem!

Vaidades – “Aquilo que existe no homem de mais vulnerável é a vaidade humana. Aquele que nega, possuir vaidade, normalmente a possui de forma tão brutal que, instintivamente, ele fecha os seus olhos diante dela, para não se ver obrigado a desprezar a si mesmo”. (Nietzsche filósofo alemão) Ele tem razão, a vaidade é inevitável, permanecer nela é opcional.

A boa herança - “O testamento é o que restou depois de feitos todas as somas e subtrações. Então o que desejo deixar aos meus filhos como herança? A imagem da vela que queima na solidão silenciosa, sem se deixar perturbar pela loucura barulhenta e apressada dos homens de ação e sucesso. Sucesso? Sob a luz da vela, na tranquilidade solitária, acorda o ‘homem’, que dorme em nós. O que não é absolutamente garantia de felicidade. Mas é garantia de verdade, beleza, serenidade.E o que mais pode alguem desejar receber como herança?”. (Rubem Alves, psicanalista)Com certeza todo pai deveria ter como propósito essencial discipular os filhos para uma forte parceria com Deus. É perfeição não existe mesmo, heim Rubem! Nunca é tarde para quem ainda aqui está.

Os segredos – “Nas lembranças de cada homem há coisas que ele não revelará para todos, mas apenas para seus amigos. Há outras coisas que ele não revelará nem mesmo para seus amigos, mas apenas para si próprio. Finalmente há algumas coisas que um homem temerevelar até para si mesmo, e, qualquer homem honesto acumula um número bem considerável de tais coisas. Quer dizer, quanto mais respeitável é um homem, mais dessas coisas ele tem”. (Dostoievski, escritor russo)Belo, inesquecível depoimento de visão sobre a vida. Concordamos em número gênero e grau.

Ignorância infinita - “Quanto mais aprendemos sobre o mundo, quanto mais profundo nosso conhecimento, mas específico, consistente e articulado, será nosso conhecimento do que ignoramos. Não conhecemos o limite de nossa ignorância! Essa, com efeito, é a principal fonte da nossa desinformação, o fato de que nosso conhecimento só pode ser finito, mas nossa ignorância é necessariamente infinita. Vale à pena lembrar que, embora haja uma vasta diferença entre nós, no que diz respeito aos fragmentos que conhecemos, somos todos iguais no infinito da nossa ignorância”. (Karl Popper, filósofo alemão.) Bela demonstração de reconhecimento da pequenez humana. É verdade, extrema lucidez do que seja a verdade,não existe.

A verdade pura -“Conta-se que em algum lugar da França vivia um professor muito culto. Um dia um aluno perguntou: ‘Mestre, o que é ser dono da verdade?’ Ele respondeu: “Se Deus segurasse em sua mão direita toda a verdade, e em sua mão esquerda a insistente busca pela verdade, e se Deus permitisse ao homem a condição de sempre errar para aprender, e dissesse: ‘Escolha qual das mãos deseja: a direita da verdade ou a esquerda da busca eterna?’ Eu diria, sem sombra de dúvida: Dê-me Senhor, a mão esquerda! A verdade pura é para vós somente!”. (Gotthold Lessing, escritor alemão). Que bom seria se Hitler tivesse, só um pouquinho,da grandeza Gotthold.

Reflexão - Não sejas sábio aos teus próprios olhos. Depoimentos falam à pessoas como você, como eu e refletem deliciosas loucuras que nos fazem pensar. O bom depoimento não é exclusivo, ele é inclusivo, tem como foco valorizar menos as glórias do mundo e mais a plenitude espiritual.
 Nada é inservível nos depoimentos, existem exageros e as palavras torpes que não trazem benefícios à reflexão. Deveríamos dar ênfase, de uma vez por todas, mais a sedução das palavras que buscam, não só sexo, dinheiro, poder, mas que nos aproximam dos ensinamentos do Senhor. Esse sim é depoimento capaz de preencher qualquer tipo de vazio existencial.
 Independentemente da religião que setem, a regra é clara: Confia no Senhor de todo o teu coração e não te apoies no teu próprio entendimento, mas, instrui-te cada vez mais... Qualquer depoimento diferente do que a verdade do Senhor ensina, não passe de falácia... Insensatez.


E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

FCTV Web

Clima Bebedouro
Block [footer] not found!