R$ 154 milhões é a dívida da Prefeitura, conforme publicado em audiência pública na tarde de quinta-feira (27), na Câmara. Sendo que os números apresentados são referentes ao terceiro quadrimestre de 2019. 

Josué Marcondes e Edson Gazotti, responsáveis respectivamente pelo Financeiro e Contabilidade da Prefeitura explanaram a situação financeira do munícipio. “A audiência acontece conforme exige a legislação. A dívida de curto prazo até 31 de dezembro que chamamos de restos a pagar em R$ 46 milhões, e a dívida orçamentária em R$ 26 milhões. Aproximadamente R$ 72 milhões até 31 de dezembro é o que representava essa dívida de curto prazo. R$ 154.594.154,27 até 31 de dezembro de 2019. Desse total tínhamos de precatórios R$ 58 milhões. E dentro desse total de precatórios apenas o do Hospital era de R$ 41 milhões”, comentou Josué. Leia mais na Folha da Cidade 

A falta de utilidade do espaço onde funcionava as atividades do Laranjão, na Avenida Pedro Paschoal, Mercado Novo ao lado do Terminal Rodoviário segue sem respostas precisas e definitivas. O que de fato atrapalha o desenvolvimento da cidade até em razão do desgaste que o assunto vem gerando desde que o grupo fechou as portas.

Chanel (SD) chegou a propor uma mediação entre Legislativo e Executivo para buscar resolver o problema. No qual pediu a contribuição do presidente Tota (SD), Jorge Cardoso (PSD) e Artur Henrique (DEM). O trio aceitou cooperar. O diretor de Planejamento da Prefeitura, Rogério Valverde enfatizou que não responde pelo prefeito no sentido de o mesmo aceitar ou não uma reunião. Porém como representante do Poder Executivo, entende que não é necessário fazer uma reunião, sendo que a questão é técnica pelo fato de envolver a sua pasta, e principalmente, o Departamento Jurídico. Leia mais na Folha da Cidade

O Departamento Municipal de Habitação em parceria com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo), realizaram na tarde de terça-feira (18), o sorteio de 17 casas do CDHU, localizadas no Jardim São Carlos, destinadas aos titulares e suplentes de pessoas com deficiência. 

O evento foi no Barracão de Festas da Feccib Velha, localizado na Rua Mauro de Abreu Izique, Jardim Casagrande. A retirada da senha e depósito na urna pôde ser realizado por outra pessoa e não obrigatoriamente pelo inscrito, desde que tenha apresentado algum documento com foto. Sendo importante que a pessoa contemplada estivesse presente durante o sorteio. Sebastiana Tavares, diretora de Habitação esclareceu que por lei, 7% das casas tem que ser reservadas. Leia mais na Folha da Cidade

A psicóloga Geovana Bernardes Cândido, participou da aula inaugural da UneAfro, Núcleo Conceição Evaristo, espaço cedido pela Igreja Pentecostal de Jesus, na Rua Brasil nº 750, Jardim Sanderson na noite de terça-feira (18).

A ação da UneAfro em Bebedouro iniciou em 2018, ocasião em que foi ofertado gratuitamente 40 vagas aos estudantes e encerrando com mais de 50% dos alunos aprovados em Universidades Públicas e privadas com bolsa 100%. Sendo que o tema ministrado por Geovana foi “Saúde Mental da população negra”. Na ocasião ela lembrou que segundo a Organização Mundial da Saúde conceitua saúde sendo o completo estado de bem-estar físico, psíquico e social, sendo que saúde não significa apenas ausência de doenças, e que a situação envolve condições econômicas, ambientais, habitacionais e educacionais. Leia mais na Folha da Cidade

Alvo de satisfação e insatisfação, a revitalização do Lago Artificial passa por várias etapas, conforme já divulgamos em diversas ocasiões. Para saber sobre o cenário atual das obras, a Folha da Cidade conversou com Wagner Silveira, gestor de Convênios, e o diretor de Planejamento, Rogério Valverde, ambos da Prefeitura.

Wagner contou que a revitalização de maior vulto financeiro em que está sendo encerrada é a passarela para dá acesso a calçada da parte de cima sentido Avenida Donina Valadão Furquim e Hugo Turchetto.

Ainda sobre a passarela, a continuação dessa sobra vai acontecer após o término do período atual de chuvas, segundo Wagner, que lembrou que o momento político conturbado no país prejudicou o andamento em razão da falta dos repasses via Governo Federal. Leia mais na Folha da Cidade

O Departamento Municipal de Habitação em parceria com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) do Estado de São Paulo realizaram os sorteios dos titulares e suplentes das 234 casas do Jardim São Carlos.  

Após a abertura dos portões, as senhas foram colocadas nas urnas. No qual, o sorteio foi feito no Estádio Municipal, Sócrates Stamato, localizado na Feccib Velha. Rodrigo Garcia, vice-governador esteve na cidade como governador em exercício. “Trabalhar para que podemos trazer mais conjunto habitacional para a cidade de Bebedouro. Foi uma luta grande nesses últimos anos para que a gente pudesse deixar essa obra em ordem. Leia mais na Folha da Cidade

O Departamento e Conselho Municipal de Cultura, realizou a 3ª Conferência Municipal de Cultura, na noite de quinta-feira (13), na Câmara Municipal. Ocasião em que parte da classe artística de alguns segmentos compareceram.

Para o diretor municipal de Cultura, Glauco Corrêa, muitas ações culturais já são realizadas e a implantação do plano irá dar destaque a cultura da cidade. O presidente do Conselho de Cultura, Rogério Carlos Fábio ressaltou que foi um trabalho longo, e que exigiu muita leitura e observação. Leia mais na Folha da Cidade

 

Legenda:

 

Parte da classe artística acompanha a elaboração do Plano de Cultura

Uma das iniciativas da jornada de transformação digital do Sicredi é sua aproximação com o ecossistema de startups. Lançado em julho de 2018, o programa Inovar Juntos, iniciativa que propõe a empreendedores uma série de desafios relacionados aos processos internos e ao negócio da instituição, já recebeu mais de 400 inscrições e reuniu 390 startups de várias regiões do país.

Entre os resultados imediatos da iniciativa, que envolveu aportes que atualmente somam cerca de R$ 1 milhão, estão a dinamicidade nas atividades do dia a dia dos colaboradores com processos mais ágeis, e o relacionamento da instituição com seus associados em todo o Brasil passou a ser ainda mais próximo.  Leia mais na Folha da Cidade

 

O Hemocentro de Bebedouro, que fica no Complexo do Hospital Municipal Julia Pinto Caldeira, Avenida Raul Furquim, 2010, promove a coleta noturna de sangue na próxima segunda-feira (17) das 18h às 21h.

Sergio Luiz Balbi, captador de recursos explicou que as regras básicas para a doação são a idade mínima de 16 anos, máxima de 60 anos quem vai doar pela primeira vez, estar bem de saúde, e portar um documento de identidade. E afirmou que quem usa drogas ilícitas, e doença crônica que pode ser transmitida pelo sangue como a diabete, sífilis, hepatite, aids ficam impedidas de doarem.

Informações para esclarecer dúvidas e promover parcerias podem ser obtidas através do 17- 3342-8817 ou 0800-9796049. Além das coletas para uso em tratamentos hospitalares, o Hemocentro realiza cadastros para a doação de medula óssea. Leia mais na Folha da Cidade

Levando em conta os conflitos na relação de consumo entre consumidores e empresas. Sendo que um dos principais públicos prejudicados costumam ser os idosos. A Folha da Cidade procurou Sueli Aparecida Maia, coordenadora do Procon, que falou a respeito das situações mais comuns. 

Ela comentou sobre instituições financeiras que apresentam empréstimos por telefone, práticas abusivas, estabelecimentos comerciais, lazer e transporte, sendo que o CDC (Código de Defesa do Consumidor) e o Estatuto do Idoso andam alinhados. No qual, o CDC em seu artigo 37, inciso II fala sobre a proteção do idoso. E no artigo 39 consta que é vedado ao fornecedor prevalecer da fraqueza do consumidor no sentido desse público ter as suas condições limitadas como por exemplo, a audição, locomoção, aposentadoria, entre outros. Leia mais na Folha da Cidade

FCTV Web