Após eliminar Monte Alto na casa do adversário por 2 a 0, o futsal masculino de Bebedouro empatou em 1 a 1 com Miguelópolis, na noite de quinta-feira (9), no ginásio Sérgio Baptista Zaccarelli, em jogo válido pela Taça EPTV.

No início do confronto, o pivô Lucas fez 1 a 0 para os visitantes, e antes do intervalo, deu tempo para Rogério igualar o marcador e levar o torcedor que lotou as arquibancadas ao delírio. Para chegar à semifinal da competição e, consequentemente, lutar pelo hexa-campeonato, Bebedouro vai a Ribeirão Preto, e precisa vencer o mandante por dois gols de diferença, na próxima segunda-feira (13). Quem fez bonito alguns dias antes foram as meninas, que estrearam com goleada de 4 a 1 diante de Ribeira Preto, em Bebedouro, pelo Paulista da Série Ouro.

Em comemoração aos 129 de Bebedouro, foi realizado o Desfile Cívico, na noite de quinta-feira (2), no sambódromo. Além da grande adesão nas arquibancadas, o evento contou com a participação de entidades, órgãos de segurança, familiares, escolas municipais e estaduais.

Demonstrando todo o potencial com a desenvoltura de projetos educacionais, culturais e esportivos, o desfile abordou “Unidos por Bebedouro” como tema central, sendo que cada organização envolvida em fanfarra, pelotão e carro escolheu o seu tema de acordo com a temática principal, no qual aproximadamente 2.340 pessoas participaram. A diretora do Demec (Departamento de Educação e Cultura), Ana Silvia Bergantini Miguel, discerniu a respeito do objetivo da respectiva festividade.

As novidades no desfile desse ano foram as presenças dos pais com os alunos da Educação Infantil municipal; e Conselho de Acessibilidade e Mobilidade Urbana, e CMAPDB (Conselho Municipal para Assuntos da Pessoa com Deficiência). As festividades e desafios da cidade foram resumidos pelo prefeito Fernando Galvão (DEM).

Ontem (3), a Folha da Cidade completou 11 anos de atividade, buscando trabalhar em benefício de toda a população bebedourense, tendo como principal objetivo, desde sua criação, levar aos leitores as notícias da cidade de forma totalmente imparcial, sempre ouvindo ambos os lados e com o intuito de acrescentar boa informação ao cotidiano de todos.

O administrador e diagramador da Folha da Cidade, João Negrini, se recorda que a empresa surgiu pela iniciativa de quatro amigos, com o objetivo inicial de prestar serviços a todas as empresas e instituições que precisavam ter suas informações divulgadas e muitas vezes não tinham acesso a veículos de comunicação. Ele ressalta que dentro das necessidades de se adequar tecnologicamente, a Folha da Cidade continuará seus trabalhos, um exemplo disso será as entrevistas ao vivo exibidas pela internet, e demais melhorias internas ainda pare esse ano.

Na tarde de sábado (27), durante visita a Bebedouro, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou que até o final de 2013, o município será contemplado com a instalação de uma unidade do Poupa Tempo; retomada das obras de duplicação da rodovia Armando de Salles Oliveira; reformas no Hospital Municipal “Júlia Pinto Caldeira”; além de inaugurar, na ocasião, o Centro Dia da Terceira Idade, localizado no jd. do Bosque.

O governador também se comprometeu, a nível estadual, em reforçar as forças de segurança, tanto para a Polícia Civil quanto Militar, informando a abertura de um concurso público para o preenchimento de duas mil vagas de soldado da Polícia Militar; e acrescenta que estão saindo das academias, 134 delegados da Polícia Civil.

Órgãos de segurança e diversas autoridades da cidade estiveram presentes na tarde de quinta-feira (2), durante a inauguração da pedra fundamental da nova sede do Corpo de Bombeiros de Bebedouro, que será construída na avenida Raul Furquim, nas proximidades do Hospital Municipal.

O tenente do quartel de Bebedouro, Estephe Bergoncini, observa que a atual base, localizada na avenida dos Antunes, tem 35 anos, e que a ideia da construção de um novo posto é de aproximadamente cinco anos. Outra autoridade presente no evento foi o Coronel do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, Reginaldo Campos Repulho.

Durante a solenidade, foi anunciado R$ 1 milhão para a construção do novo Posto de Bombeiros de Bebedouro. De imediato, foi entregue uma viatura de combate a incêndio no valor de R$ 350 mil.

De autoria do vereador Freitas (PT), o Projeto de Lei Substitutivo 62/2013 recebeu aprovação unânime na noite de segunda-feira (22), no Poder Legislativo. A presente propositura visa à segurança do público, e determina a divulgação da regularidade das organizações que realizam eventos em ambiente fechado, na página inicial no site da Prefeitura de Bebedouro. De acordo com Freitas, o objetivo do presente trabalho é evitar relações ambíguas que primam pelo jogo sujo. Segundo consta no Art. 1º, a exigência do projeto agrega casas de shows, boates, cinemas e demais casas noturnas ou de entretenimento, bem como circos, feiras e demais eventos itinerantes realizados em ambiente fechado, que estão com alvará de funcionamento e AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) devidamente regularizados, indicando o respectivo prazo de validade.

Após estrear com um empate de 2 a 2 diante de Colômbia, e golear Colina por 4 a 1, o futsal masculino eliminou Terra Roxa, em jogo válido pela Taça EPTV, na noite de quinta-feira (25), no Ginásio da Feccib velha.

Duas expulsões, finalizações na trave, grandes intervenções realizadas pelos goleiros das equipes resultaram em 0 a 0 no tempo normal. O gol da classificação saiu dos pés do ala Romário, que depois de pegar um rebote e acertar o travessão, apareceu sem marcação no segundo pau, e teve somente o trabalho de empurrar para as redes, após um chute “despretensioso”, do ala Caio.

Caso Bebedouro passar de Monte Alto, entrará em uma fase que terá 12 times divididos em quatro grupos de três equipes. Os primeiros colocados de cada chave garantem vaga na semifinal.

Desde a sexta-feira (19), professores da Rede Estadual de Ensino declararam greve, reivindicando, além de melhor remuneração, melhores condições de trabalho. Segundo o coordenador da subsede da Apeoesp de Bebedouro e região, Paulo César dos Santos Alves, tal situação foi deliberada no dia 15 de março, e somente nessa sexta-feira foi confirmada a adesão, sendo que até o momento 26% da categoria aderiram ao movimento.

No entanto, apesar da necessidade de mudança, o coordenador da Apeosp afirma que na cidade a adesão ainda é pequena, porque existe a tradição de esperar o fortalecimento do movimento para só depois adentrá-lo. Parte dos professores estão dando continuidade aos trabalhos e um grupo interrompeu as atividades.

Paulo enfatiza que quando fala em relação à violência constante, insere nesse contexto não só a violência física, mas também a falta de condições dignas dentro da sala de aula, devido à falta de recursos e à necessidade constante de trabalhar com diferentes níveis de alunos.

 

Na tarde de quarta-feira (17), o diretor do departamento de Obras da prefeitura, Gilmar Feltrin, e o gestor do departamento de Engenharia Planejamento e Convênios, Vagner Silveira, assumiram o compromisso, no Paço Municipal, de que as obras de recapeamento do asfalto nos pontos mais críticos da cidade terão início no prazo de dez dias, caso a cidade não seja assolada por mais chuvas.

Informaram também que devido à atuação dentro do planejamento, Bebedouro não consta na lista de cidades investigadas pela Polícia Federal devido ao cancelamento da licitação feita anteriormente com a empresa Scamatti & Seller para a realização de alguns recapeamentos e execução de alguns convênios na cidade.

“Pensar no trânsito do nosso Município”, esse é o tema da audiência pública que se realizará às 20h do dia 14 de maio, no plenário da Câmara Municipal. De autoria do vereador Chanel (PDT), o evento busca formas para corrigir e prevenir os principais problemas do setor na cidade.

Chanel justifica que a mobilidade urbana deve ser discutida e que a municipalização do trânsito é obrigatória. Ele argumentou, segunda-feira (15), na Tribuna, que o trânsito na cidade precisa ser pensado a curto, médio e longo prazo, no sentido de reestruturação no centro e em alguns bairros que não têm via definida, além da necessidade do respeito entre os usuários. Placas de trânsito para identificar nome de ruas e implantação de ciclovias foram sugeridas, respectivamente, por Paulo Bola (PTB) e Beto Mazzeu (DEM).

FCTV Web

Decore
Baterias
grafica
sese
pet